domingo, 28 de dezembro de 2008

ESTAMOS AÍ!!!



Pois é, vem aí o BBB. Faltam poucos dias e não sinto muitas possibilidades de uma nova roupagem, um novo direcionamento, tal como privilegiar o jogo e deixar um pouco esse negócio de novelinha babaca, mas é o que temos e assim vamos em frente. Há por aqui na net quem até ganhe com isso, quem lucre, que esteja com a mordaça, com um bridão na boca e não admite, mas aqui não. Se tiver que ligar o foda-se e mostrar a verdade, não haverá um motivo para titubear. É assim que vai ser e ponto final.

A vida dá porradas na gente, nem tudo são flores. Os problemas existem, a sacanagem do mundo está sempre batendo em nossa porta. Cabe a cada um tentar rechaçar. Estou fazendo sempre o que posso e por isso andei afastado. Mas é chegada a hora de voltar e dar uma resposta a quem acompanha o blog e este velho escriba. Pois estamos aí.

Em que pese sabermos que ainda existem por aí os baderneiros de plantão, sempre muito bem orientados por quem diverge de mim, nem isso servirá de motivo para me calar.

BBB para mim já está caminhando para o fim. Este talvez seja o último que faça por aqui, apesar de manter o blog. BBB é bom hoje para quem fatura com ele, ganha dinheiro na net. Não é e nunca será meu caso. Se quiserem saber onde isso acontece é só olhar em volta. Dinheiro eu ganho com trabalho mesmo, escrevendo, dando duro, profissionalmente e não é fazendo fofoquinha.

Creio que o Tors vá também tocar o Jebal cobrindo o BBB9 e assim as coisas ficam mais fáceis para quem quer acompanhar na net sem ser manipulado e sacaneado por um bando de punhetas da net que acham que são os maiorais.

Está chegando a hora e o que posso dizer é simplesmente que ESTAMOS AÍ!!!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008


quarta-feira, 19 de novembro de 2008

O AMANHÄ JÁ VAI CHEGAR!!!


Sinceramente que fico impressionado com a maledicência de certas pessoas. Fani esteve aqui em casa, onde fiz um bar particular para cultuar as cervejas belgas e reunir meus familiares e amigos queridos. Foram momentos de emoção e alegria como já divulguei. Logo em seguida tomamos conhecimento da gravidez dela e agora do aborto espontâneo que sofreu. Triste, muito triste.

Os maledicentes começaram a usar de argumentos para taxar Fani de uma pessoa que bebe e que por isso teria acontecido tudo isso, aproveitando as fotos que divulgamos em nossos blogs, onde ela aparece com uma taça enorme nas mãos. Fani quando esteve em minha casa bebeu talvez um copo de cerveja e não mais, porém posou para fotos com as belgas porque estava num bar particular de temática belga. Nada além disso.

Infelizmente há pessoas que se acham no direito de tirar conclusões apressadas e transformá-las numa verdade absoluta e isso não é bom porque atinge, machuca. Fani não é uma pessoa despreparada para a vida e já provou isso inúmeras vezes. Também não está aí para aparecer simplesmente como vi alguém afirmar de forma conclusiva e maléfica.

Tudo que aconteceu me obrigou a escrever, daqui de São Paulo, onde vim assistir mais um show do “Faichecleres” que está de saída para uma tourné com o Lobão pelo sul.

O que posso dizer desse episódio com a Fani é lamentar profundamente pela interrupção de sua gravidez, que certamente significaria um marco destacado em sua vida com seu companheiro. Mas é preciso estabelecer parâmetros para tratar de um assunto como esse, porque ninguém, em sä consciência, pode determinar os motivos do acontecimento senão os exames. Infelizmente as pessoas se apressam a tirar conclusões estapafúrdias e saem a dizer isso e aquilo. Melhor ficar quieto do falar merda.

Fani vai constituir sua família, será feliz, prosseguirá em busca de alcançar sua meta profissional e nesse campo também será feliz se puder contar mais com pessoas positivas e menos com as que querem apenas se intrometer em sua vida particular e dar pitacos bestas.

O mais engraçado é que a Fani que recebi aqui não é essa pessoa que tentaram relatar com uma irresponsável, assim como não foi essa imagem que ela deixou no BBB. Então não entendo como algumas pessoas queiram se aproveitar de um momento tão difícil para dar conselhos e afirmar coisas que não tem o menor cabimento.

A Fani merece antes de tudo respeito e acho que há algumas pessoas que não estão entendendo isso. Como sou independente e essa característica me permite sempre dizer o que penso e o que quero é que posso daqui dizer que ela deve ignorar as idiotices que algumas tresloucadas andaram escrevendo e que a vida segue com destino a bonança. Vou repetir apenas uma frase que o poeta disse para exemplificar sua fé:

-Fani, siga em frente, sempre de cabeça erguida porque O AMANHÄ JÁ VAI CHEGAR!!!

sábado, 15 de novembro de 2008

FANI: SOU FÃ SIM E DAÍ?!...







E foi uma noite de festa aqui em Itaguaí. Primeiro no Teatro Municipal, onde Fani e seus companheiros da peça ¨Ox Exculaxados¨ deram um show e depois aqui em casa no Belgian Beer Bar, onde tive o prazer de recebe-los e firmar meu primeiro posicionamento de fã de uma menina linda, aqui da minha Baixada Fluminense, que tem um histórico de vida sofrida, mas que se questiona muito e procura seguir o melhor caminho, com um carisma enorme e uma simpatia que não poderiam lhe render tantas agressões gratuitas por ser autentica e firme em suas posições.

Eu nunca me arrependi de uma virgula do que escrevi aqui em defesa da Fani, mesmo sem conhece-la. E nesta noite eu tive mais do que a certeza de que agi certo, de que ela vai muito além daquilo que pensava. Eu e minha família tivemos o maior orgulho de poder recepcionar essa jovem e seus companheiros, transformando tudo isso em momentos de alegria e até de emoção pela sinceridade do abraço fraterno que trocamos, assim como ela fez com todos que aqui estiveram e que ficaram de queixo caído com tamanha simplicidade. A fartura daquele sorriso, a sinceridade das afirmações não deixaram nenhuma dúvida de que Fani Pacheco é gente prá caralho!!!

Eu que nunca quis contato com participante de BBB acabei me rendendo a alguém que é especial pela maneira de viver intensamente seus momentos, respeitando a todos, mas também querendo a recíproca, lutando por isso. E consegue com o esforço de sua dedicação, com a luta por seus ideais. Ela não quer nada de bandeja e se esforça para ter o conhecimento completo de tudo, partindo do zero em busca disso. E aí que reside mais uma das facetas positivas de uma menina-mulher que encanta a todos e tem a humildade de se aproximar até de quem está reticente e mostrar que mesmo após tanta exposição na mídia continua sendo aquela garota simples, humilde e que não tripudia sobre ninguém.

Entramos pela madrugada falando dos amigos em comum, das experiências, da vida, do lado bom dela, acompanhados de uma bela cerveja belga, no copão da Duvel, uma das melhores marcas e que Fani já conhecia bem. Junto dela seus companheiros de peça, além de amigas inseparáveis que se juntaram a minha família e amigos. Foram momentos marcantes e inesquecíveis, de muita alegria, que prometemos reciprocamente repetir em breve.

Fani enviou um abraço enorme a todos os leitores do Teleblog, lembrando que vem sempre aqui, fazendo questão de ler as baboseiras que escrevo, porém demonstrando carinho e respeito por este velho escriba, assim como ao Tors, aos comentaristas e lembrando que enquanto estava na casa não podia imaginar que nada disso existisse.

Fani é alguém especial, muito diferente do que tentaram pinta-la em determinadas páginas da net, e apesar deste blog não ser um blog-fã, eu, particularmente me rendo aos seus encantos como figura humana para dizer que admiro-a e respeito-a muito nessa cruzada em busca de um lugar ao sol. E sem dúvida nenhuma, ELA MERECE!!!

Em tempo: E não é que ganhei post da Fani. Veja lá clickando AQUI

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

FANI VEM AQUI!!!



Recebi uma ligação da Julie hoje, dizendo que a Fani vai estar em Itaguai na sexta-feira, no Teatro Municipal, com sua peça e marcamos de nos encontrar por lá.

Confesso que a Fani foi uma das poucas participantes do BBB que me motivaram realmente, principalmente por tratar-se de uma pessoa carismática, de atitude, saída da minha região, a tão famigerada Baixada Fluminense.

Não fora isso e a Fani já teria tudo para merecer minha atenção. Só que ela foi além. Marcou sua presença com atitude, com coragem para falar de assuntos que muita gente que baba no quiabo faz cara feia. Ela não, botou banca e rasgou. Tem algo que muita gente busca a vida inteira e não encontra:PERSONALIDADE!!!

Vou ter o prazer de recebê-la aqui e vou assistir sua peça. Depois, quem sabe umas belgas para comemorar. Ela merece de montão, a Julie também.

Quem não gostar, fica babando no quiabo murcho.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

UM RANKING DE MERDA


Andei vendo um burburinho enorme por causa de uma lista dos melhores blogs da internet, com vinculações ao nome da Revista Veja, como se ela estivesse envolvida em algum trabalho que estivesse levantando pela net quais os melhores diários. Alguém me questionou a respeito e só o que posso dizer é que este Teleblog velho de guerra não se dispõe a participar de enquetes desse tipo e muito menos pretende ser melhor que nenhum outro, apesar de saber que o que vale mesmo é a qualidade dos comentaristas que freqüentam a página e isso indiscutivelmente é um quesito em que ninguém, eu disse NINGUÉM, barra este blog.

Pouco estou me lixando se a Veja, a Isto É, a Época ou qualquer revista está ¨enquadrando¨ blogs. O Teleblog rejeita antecipadamente qualquer ranking em que tentem enfiar seu nome. A missão deste blog é comentar assuntos de todos os níveis e nada mais do que isso, especialmente quando se trata de BBB.

Não estou em busca de dinheiro com este blog, não estou procurando reconhecimento de ninguém, mas estou sempre em busca do meu direito de opinar a respeito de qualquer coisa que afete a vida do povo brasileiro. Aí ninguém pode barrar a gente e isso é o que basta.

Portanto, envolvam-se na disputa que quiserem os blogs de merda que estão na cruzada da fofoca, da empáfia. Fodam-se todos eles pra lá. Nosso enredo aqui é bem outro e não temos tendência a ver o blog ser transformado em sala de chat, onde a Luluzinha larga o fogão e a Marócas deixa de passar a roupa do marido para comentar que o galã da novela é gostoso e isso e aquilo.

Blog bom é o que tem autenticidade para dizer tudo o que pensa. Disso nunca me afastei. Existem muitos outros assim. Os que são atrelados a interesses de A ou do B, podiam e deviam se envergonhar um pouquinho ao invés de ficar tirando onda. No entanto, o livre arbítrio está aí mesmo. Sendo assim, cada macaco no seu galho.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

ARREPIA LOBÃO



“Eu acho o Chico Buarque um horror, um equívoco, um chato, um parnasiano. O Olavo Bilac é muito mais moderno que ele. Ele faz uma música anêmica, sem energia, sem vivacidade, parece que precisa tomar soro. A Bossa Nova é a mesma coisa, uma música easy listening, que toca em loja de departamento quando a gente vai comprar uma meia.”

Esta é apenas uma pequena amostra do que foi a participação de Lobão na mesa de abertura do Fórum das Letras de Ouro Preto (Flop).


Fazendo coro com ele estava ninguém menos que Nelson Motta. E cá pra nós que o Lobão pode ser o que for mas no caso aí está lambusado de razão e concordo com ele em gênero, numero e grau.

Como Chico, Caetano, João Gilberto e outros lambe-lascas de músicas que tocam para vender meias, cuecas, etc. Estão no mesmo nível para mim e tenho o direito de achar isso que digo.

O Lobão é um porra-louca? Sem duvida nenhuma e nem ele nega. O cara é meio desvairado, porém, como Agnaldo Timóteo, fala o que pensa e geralmente o que pensam tem o maior fundamento.

Isso tudo foi apenas para aplaudir o Lobão porque não suporto bossa-nova, não agüento as musicas desses caras intelectualóides de copo de whisky na mão. Nem criativos são porque podiam beber cerveja ale ou então a Metaxa grega.

Grande Lobão, Bota pra fuder!

terça-feira, 4 de novembro de 2008

E AFINAL, QUEM ESCREVE O QUE?!...


Acho curioso depender de escritos dos outros para fazer um blog. Pegar uma ou outra citação e destrinchar a notícia ainda vai, mas transcrever e maquiar a autoria para ficar parecendo que é da lavra do dono da página fica meio esquisito. Mas essa é uma prática que vejo já há muito tempo na net e há, juro que há, quem aprove a aplauda.

Devo ter mil defeitos de escrita. Meu texto pode muitas vezes nem ser tão explicito que os leitores entendam. Mas isso aqui é um blog, não é uma página oficial de coisa alguma e assim toco a vida, mas tenho procurado sempre que possível exercitar a capacidade de escrever porque acho que os leitores esperam isso de mim.

As opiniões emitidas aqui são minhas, nos comentários são dos leitores e esse é o barato de manter um blog por tantos anos: encontrar quem queira discutir as idéias expostas, mesmo que para divergir.

O tempo anda cada vez mais curto, o período de notícias a respeito de BBB não é farto, mas vou mesclando com outras coisas e como já estamos nos aproximando do mês de janeiro, a movimentação vai aumentar já, já.

Desta feita, a Globo vai começar a amargar menos uns pontinhos de Ibope porque a Record vai colocar seu reality-show rural, com artistas confinados numa fazenda e isso promete dar uma sacudida geral na globaiada.Rs.

Aos puxa-sacos de Boninho e sua turma, fica o direito de espernear, mas que a concorrência começa a surgir e de maneira efetiva, lá isso é verdade. Por trás de tudo, Alexandre Frota, aquele ator que conhece do assunto, assim como de outros.

Eu quero e rir e gargalhar. BBB contra os artistas na fazenda. KKKKKKKKKKKKKK...

terça-feira, 28 de outubro de 2008

NÃO ME ABANDONE ESPERANÇA!


Passou a eleição, a crise continua, tem banco que ainda não reabriu, assaltos aumentando, polícia se omitindo, o bicho ta pegando e os políticos já sumiram, ninguém mais vê a cara deles, tudo como era de se esperar. Ou será que alguém esperava algo diferente?

As promessas feitas em campanha já foram para o saco. Agora é hora de dividir o poder. Entregar a cada um a sua parte, conforme o combinado. Combinado este que aliás é sempre negado nas entrevistas, mas faz parte, como diria nosso indefectível Bambam. Faz parte porque política é sujeira, é coisa menor hoje em dia, é algo que os homens de bem estão querendo cada vez ficar mais longe.

Dividir poder é entregar áreas oficiais rentáveis a cada grupo político para que eles possam se ressarcir, é garantir empregos para alguns incompetentes que não conseguiriam na iniciativa privada uma oportunidade, até mesmo porque a nódoa que trazem consigo é impregnada do que há de pior na estrutura de um ser humano. E o pior é que ficamos a mercê de gente assim.

É lógico que não estou generalizando, mas infelizmente a esmagadora maioria é desse jeito mesmo. As campanhas mais caras, mais dispendiosas, exigem reposição de valores. Como isso pode acontecer? Com favorecimentos de canalhas, com o custo do sacrifício da população.

O Brasil é um país riquíssimo. Não fora a enorme corrupção que se alastra e teríamos vários de nossos mais graves problemas resolvidos. E olha que isso não é de hoje, já faz muita raça de tempo que poderíamos estar livres de várias agonias que passamos.

Conheço homens públicos de reputação ilibada e que não se curvam a isso. São poucos, mas eles existem e são honrosas exceções, das quais me orgulho em poder compartilhar do respeito e da amizade. São como Dom Quixote, verdadeiros paladinos que parecem estar fora do tempo em que vivemos. É justamente por conhece-los, por respeita-los que ainda sinto no ar um cheiro de esperança. Quem sabe a causa dessas figuras não possa ganhar corpo e conquistar adeptos?

Se quisermos mudar, há como fazê-lo. Nunca com covardia e fugindo da batalha, se omitindo como fizeram no Rio os mais legítimos representantes da chamada intelectualidade e da elite que preferiu os prazeres de um feriado mais longo, como se participar de uma eleição votando não fosse uma obrigação.

Esperança, ah....ESPERANÇA. NÃO ME ABANDONE PELO AMOR DE DEUS!!!

domingo, 26 de outubro de 2008

GABEIRA NÃO PERDEU


O Gabeira perdeu? Não, absolutamente. Quem perdeu foi o Rio de Janeiro que vai continuar a amargar essa política de favores, de nada fazer e enganar o povo, típica do rolo compressor que está instalado no Estado do Rio e que a população não consegue dele se desvencilhar chamado PMDB. Foi Garotinho, sua Rosinha, depois Cabral e agora, na capital, tiram o César Maia e botam um filhote dele. Filhote aliás que gosta de trair, porque deixou seu mentor a ver navios e se debandou para o PSDB, indo depois para o PMDB por absoluta conveniência.

Coitado do Rio de Janeiro. Não vivo lá, mas tenho que estar sempre por lá. É triste ver que nada vai mudar, ao contrário tem tudo para piorar pela subserviência ao governo estadual e agora também ao federal. Vejo que infelizmente a cada eleição Pelé ganha mais razão: ¨o povo brasileiro não sabe votar!¨. E não sabe mesmo.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

BABA-OVOS


Vindo de São Paulo com meu filho, após o show que realizou no sábado passado, com passagens compradas para voltar ao Rio pela TAM, nos apresentamos no horário correto do embarque e como ele carregava um órgão para uma show que faria no Rio com o Felipe Ricotta, no Canequinho, cai na besteira de perguntar no balcão se havia algum problema dele transportar o instrumento como bagagem de mão, como o fazem todos os músicos.

Puta que o pariu futebol clube!!! O atendente no balcão começou a criar problemas, afirmando que o peso do teclado era maior que o permitido, que isso e aquilo, e diante da insistência, chamou sua chefe. Veio uma daquelas mulheres engomadinhas com uniforme da TAM, para solenemente dizer que não podia e que o teclado tinha que ser despachado pelo setor de cargas da companhia ou que deveria comprar uma passagem aérea a mais.

Mandei o Emidio até a tal TAM-Cargo, que por sinal fica fora do aeroporto de Congonhas. Lá a informação era de que não tinham capacidade de efetuar o transporte com segurança. É pra rir ou não sei se é para chorar...

Como não queria mais perder tempo, estava de saco cheio e ia acabar sendo preso naquela bosta de aeroporto, parei no balcão e comprei mais uma passagem para acomodar nosso companheiro de viagem, a quem chamei de ¨Zé Arruela¨. Lógico, porque passageiro tem que ter um nome. Daí por diante passamos a conversar com o teclado no balcão da Tam, aproveitando para descascar a companhia:

-Pois é... o dinheiro de sua passagem bem que podia servir para pagar às famílias das vítimas daquele acidente não é Zé Arruela?!...

O pessoal em volta ria, mas como se tratava de uma questão inusitada, não havia outro jeito senão gozar de tudo.

No Brasil, o instrumento de trabalho de um músico é considerado gente. Tem que pagar passagem para ele. Isso é sacanagem, mas é literalmente verdade.

Eu nem quis criar mais caso, assim como não permiti que meu filho visse, mas na hora do embarque, bem perto, em outro vôo, um outro músico embarcava com seu instrumento como bagagem de mão, sem ser molestado ou ter que pagar mais uma passagem. Dancei nessa mas ficou como experiência.

Na verdade fui besta de perguntar no balcão. Imediatamente arrumaram um pé para exercitar o melhor exercício que os baba-ovos tem: puxa-saquismo através da burocracia. Se nós nada tivéssemos falado, embarcaríamos com o teclado como bagagem de mão, sem ninguém reclamar.

Mas enfim, estamos no Brasil, estamos num país onde a safadeza impera e alguém tem que pagar por ela. Desta feita fui eu, mas hoje mesmo, em algum lugar, alguém está dando sua cota de sacrifício em nome de defender o emprego de mais um ou dois baba-ovos. Fazer o que?!...

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

PIADA


As pessoas confundem as coisas e o BBB acabou levando a idolatria a extremos que tudo fica misturado. Apresentador de programa de TV virou jornalista e vice-versa. Na cabeça das pessoas para apresentar o programa tem que ser jornalista. Da mesma maneira as pessoas entendem que o jornalista tem que ser apresentador. Uma bagunça só. E uma coisa não tem, absolutamente, nada com a outra.

Para apresentar um programa de TV ninguém tem que ser formado em jornalismo. Essa obrigatoriedade não existe, a não ser que o programa verse sobre jornalismo. Definitivamente não é o caso do BBB e por isso qualquer um que vá apresentar o BBB ou que vá ao encontro dos eliminados para ouvi-los após o pontapé na bunda não tem que ser diplomado em faculdade alguma.

Tudo isso é importante para que fique claro que o Alemão não fique marcado por estar recebendo a missão de apresentar o programa que fala sobre a saída dos eliminados no canal Multishow. O Alemão na condição de contratado da TV Globo é uma pessoa indicada a tratar disso sim, até porque o dinheiro da emissora não é capim. O cara tem que trabalhar e se ele apareceu e se destacou no BBB, nada melhor que fique por lá mesmo, tratando daquele assunto.

Se ele não agrada a um grupinho que lambe a tal de Íris, dane-se. A caipira desengonçada está lá em outro canal, mas o Alemão ficou na Globo. Ficou porque foi malandro e porque foi esperto, foi competente. Ganhou o BBB e conseguiu destaque. Se não se firmou no Fantástico isso é outra coisa. Mas tem que trabalhar, e, melhor que o BBB não tem para ele se espalhar. Vai poder dialogar com os defenestrados sabendo o que é passar pela casa.

O Alemão com destaque é a morte para algumas pessoas que querem vê-lo no buraco. Para nós que apenas assistimos o BBB sem idolatria por ninguém, talvez seja uma forma de encontrar mais autenticidade em alguém que vá encontrar aqueles que estão saindo.

Ao dar nova função ao Alemão a Globo não quer privilegiar ninguém. Na verdade quer apenas produção de alguém que recebe dos cofres da emissora. Não importa de qual edição o Alemão tenha participado. Ele tem um contrato e vai apenas honrá-lo. Quem vai ficar doente com isso pouco importa. Campanhas contra agora serão motivo de risos. Telespectadores da Rede TV tem que assistir a Rede TV e ponto final. Rs.

Seja o Alemão, a Miss Grazi, qualquer outro contratado tem que mostrar serviço. A Globo não está aí para jogar dinheiro pela janela ou ficar atendendo a meia dúzia de malucas que ficaram amarguradas pelo final de um romance que nunca existiu. Pior ainda é que com base nisso tentam até hoje prejudicar o Alemão com cartinhas, e-mails, telefonemas e tudo mais. Piada...

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

FICA AÍ BIAL


Nesta época em que o BBB está sendo manipulado pela produção, no que diz respeito a escolha de candidatos a participar do programa muito pouco se sabe, muito pouco se revela. Assim, pegaram o apresentador e mandaram para os Estados Unidos, para cobrir ou divagar sobre as eleições americanas.

Me parece que é uma forma de ocupar o tempo do sujeito que não estava mais dando certo no Fantástico e precisava se exercitar novamente como repórter. Mas se era isso não precisavam manda-lo para tão longe, afinal nos morros do Rio de Janeiro diariamente tem trabalho para equipes de reportagem. Tiroteio, gente morta, gente presa, movimento. Não é dessas notícias que sobrevive o Jornal Nacional?

Engraçado que há algum tempo a reportagem policial era tida como a área nefasta do jornalismo. O bom era ser repórter da Editoria-Geral, de Comportamento, de cobertura da Cidade, enfim algo light. Mas isso não rendia furos, não rendia manchetes, não destacava o profissional e mesmo assim a reportagem policial sempre foi o ¨patinho feio¨ das redações.

Nível tinha o povo do Jornal do Brasil. Trabalhar ali era a consagração de um profissional. Repórter lá sempre foi uma coisa só. A notícia tinha uma dimensão só, independente da editoria a que estava ligada.

Pois o apresentador do BBB está de volta as lides jornalísticas, mesmo procurando embasar suas matérias com a sua literatura de botequim de zona sul do Rio de Janeiro. Foi castigo? Não, o cara tem algum potencial. Não mais para apresentar BBB, onde pensa dominar e saber tudo, mesmo que não saiba nada. Pura pose...

Com a saída dele e da Glória Maria o Fantástico que estava despencando de audiência acabou se recuperando. Vê-lo agora fazendo matérias na América do Norte de certa forma soa até como um premio porque não é essa a atitude que os globais tomam com quem não está dando certo em algum setor, mas o Bial, aquele cara que fez um livro falando do Dr.Roberto...

Pois ele podia ficar mesmo lá pelos States, fazendo matérias e assim o próximo BBB teria um outro tipo de apresentação, sem as intervenções que são tão inoportunas e que tendem a beneficiar este ou aquele participante. Que ele fique por lá, exercitando sua capacidade como profissional de imprensa. Dá mais certo.

sábado, 11 de outubro de 2008

ANIVERSÁRIO DO TORS



Com a vida atribulada nem pude chegar perto do computador e quase passa em branco o aniversário de meu amigo e parceiro de net. O Tors faz aniversário hoje e necessário se torna que fique registrado aqui meus sinceros votos de muitas felicidades, de muita saúde e de que possa continuar brindando a todos com suas idéias, com seus textos e com sua visão esclarecedora a respeito de tudo.

Não tive contato com o Tors por esses dias, o que aliás é incomum, porém a necessidade de que esse registro esteja bem claro é o reconhecimento que faço a um grande amigo, um grande companheiro da net e também do mundo real.

Tors,

Que Deus e Mãe Rainha iluminem você em sua trajetória, proporcionando-lhe sabedoria e saúde para enfrentar as adversidades e os que as provocam, mas também para compartilhar com os que lhes são caros as boas coisas da vida.

Parabéns Tors!

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

A MUDANÇA


Olha bem esse cara falando e veja se você não reconhece alguém, algum fato, algo parecido do qual já ouviu falar por ai. É apenas o retrato da vida, do cotidiano de um Rio de Janeiro que é habitado por todo tipo de gente:

-Pois é, vim do norte esse minino e cheguei aqui fui ficando na casa duns parente, lá na Rocinha. Era eu a muié e dois fio. Custei a arruma um imprêgo, mas acabei indo trabaiá de faxinero, num prédio do Catete. Foi bom demais. Com dois anos eu já pude aluga um barraco lá na Rocinha.

Esse aí é o Flaviano. Uma figura doce, sempre solicita, sempre pronto a ajudar, principalmente a quem lhe dá uns trocados. Como gosta de uns trocados ele. Sempre conservando seu jeitão do inteior e uma certa ingenuidade que ainda existe, acredite. E continua:

-Dispois de aluga meu barraco, butei na cabeça que tinha que comprá ele. E assim cumecei a trabaiá mais e mais. Inquanto fazia dobra nu sirviço, meu irmão que mora lá tombem, começou a ficar lá em casa. E num é que o disgraçado cumeu minha muié. Virei corno. Oh mô Deuso, qui tristeza...

Coitado do cara, não é mesmo? Mas o drama para quem tem pouco não pode se alongar e assim...

-Mas eu já tava com quatro fio. O que qui eu ia fazer? Ia deixa meus fio longe não. Deixei a muié ficá. Ela prumeteu que num ia fazer mais aquilo e o puto du meu irmão vortô pru norte. O perigo agora era us otro Paraíba da favela. Mas fui levano até comprá o barraco, num sabe?!...

-Seu moço, minha vida é compricada porque tenhu que leva os fio pra iscola pubrica e depois que vou pru trabaio. As prufessora chama pru modi avisa que os garoto tão fazendo bagunça mas eu num tenho tempo de ir lá. Mas agora us traficanti tão dano tanto tiru na Rocinha que eu acho que vô sai de lá. Já inté arrumei quem compra meu barraco. Vô mudar pru morro da Santo Amaro no Catete, porque lá é mais perto du sirviço. Eu num vô aluga purque eu quero ter minha casa pópa (leia-se casa própria).

Como o cara começa a contar sua vida, detalhando fatos, não custa perguntar:

-Mas Flaviano, e sua mulher, aquele negócio que ela teve com seu irmão não pode acontecer com outro cara?

-A muié inté qui ta calma. Inté foi ela qui arrumou esse barraco no Catete com o ¨Pé de Mesa¨, um cara gente boa que diz que manda por lá. Domingo passado ele inté passô u dia lá em casa. Jogamu uma suéca e dispois fui trabaiá, inquanto ele fico discutindo com ela as coisa da mudança. Legal ele...

E assim segue a vida do Flaviano, um paraibano a mais nesse Rio de Janeiro violento, triste e cheio de histórias.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

GRAZI PROVOCA HIPOCRISIA



Eu juro que acho muito engraçado quando hoje assisto gente dissimulada, mutreteira, sem personalidade, fora dos parâmetros normais e que vive de querer enganar os outros a bajular e elogiar Miss Grazi, a estrela da Globo que já há muito tempo é top na emissora. Essa mesma Grazi antes era execrada, sacaneada por essa gente, que torcia o nariz, fazia manha quando eu daqui fazia elogios a moça pelo seu desempenho no BBB.

Levantei a bola da Grazi aqui no Teleblog de forma isolada, enquanto elefoas e avestruzes de salto alto se fartavam de dar porrada na queridinha global. Na época, lembro bem, Jean de um lado e a turma do Gê de outro, eram as grandes atrações na net. Quem não torcia pelo baiano era partidário do médico paulista e sua turma.

Daqui fiquei a elogiar o comportamento simples, despretensioso de Miss Grazi, cujas reações tinham sempre uma carga de naturalidade, recheada até com certa infantilidade. Era a típica menina do interior deslumbrada com o que vinha acontecendo em sua vida desde que fora eleita Miss.

No entanto, pelo menos para mim, era visível que a loura paranaense tinha talento, tinha aquilo que os demais não apresentavam que era a espontaneidade para falar e agir, deixando sempre a possibilidade de ganhar o premio final como uma boa surpresa, que afinal não veio, mas ainda assim ela não deixou de ser a Grazi.

Não ganhar o BBB parece que foi até bom para ela porque o que veio depois lhe valeu vários prêmios finais de BBB. Foi justamente esse seu jeito despojado, sincero, cativante, que a transformou na estrela maior que a Globo tem hoje para alavancar audiência, bastando ver os resultados do início desta novela que ela protagoniza em horário complicado e de poucos pontos no Ibope.

Discute-se se ela tem ou não talento para ser atriz. Para o público isso parece não ter a menor importância. Todos querem é ver a Grazi na telinha. E por mais incrível que possa parecer, até as elefoas e avestruzes de salto alto hoje lambem seus pés, que ela dizia ter dedos que mais pareciam amendoins com casca.

Grazi se firmou já. Podem discutir o que quiserem e os elogios feitos por quem não a suportava soam mal. São a expressão da falta de personalidade, da falsidade, como sempre afirmei aqui. Ninguém perde por ter autenticidade, firmeza de opinião. Mudar só para acompanhar a maré é coisa muito ridícula. Rs.

Babem com a Grazi, mas babem mesmo e voltem no passado para ver o que diziam e verão o quanto são hipócritas essas manifestações de hoje em dia.

sábado, 4 de outubro de 2008

REFLETINDO


Inicialmente quero pedir desculpas aos leitores pela ausência, causada pelo acumulo de trabalho, principalmente nessa época em que sou mais exigido e tenho que estar atento aos acontecimentos para que tudo corra como deve ser. A atividade é frenética e estou quase sem tempo para atender a uma série de compromissos. No entanto, surgiu uma folguinha e aí vai um post:

Isso aqui não é um blog de auto-ajuda, não tenho a pretensão de saber mais do que ninguém e o que quero mesmo é aprender com as pessoas. Quero muito melhorar, busco incessantemente uma maneira de ser mais útil, mais compreensível, mais participativo, mais integrado e capaz de ser um elo na corrente da modernidade, só que sou falho, errôneo, igualzinho a tantos.

E por mais que eu busque, não encontro melhor forma de atingir meus objetivos senão através da interação com gente, com pessoas, com quem chora, ri, sofre e também é alegre, na medida do possível. Eu aqui encontrei muitos assim, pessoas que como eu, estão em constante evolução, procurando melhorar.

Nessa busca insana, me culpo muito de não ser capaz de acompanhar a evolução a que me referi. Em determinados momentos me pego vinculado a sentimentos do passado que não vão me levar a nada e procuro sacudir isso pra fora. Acho que assim como eu, você também sente isso muitas vezes.

Aqui aprendi tantas coisas que fico assustado com o que já aconteceu. Fico lembrando de quando iniciei e de como pensava a respeito da abertura de um blog e do que pretendia passar para quem viesse ler o que esse velho escriba tem em mente. Mudei muito, sempre perseguindo ideais que me transformassem numa pessoa melhor. Continuo nessa busca a cada instante.

As pancadas que levei serviram para alicerçar uma nova forma de enxergar as pessoas, mesmo aquelas que não merecem nossa atenção. Hoje entendo que não é possível querer impingir nossos conceitos e que melhor é avaliar e entender que o próximo pode ter uma visão diferente e ter razões próprias que também são compatíveis.

Nós temos a mania de achar que somos donos da verdade. Isso é inerente a qualquer ser humano. Só que a nossa verdade sempre vem eivada de imperfeições e não podemos ser de tal forma incisivos nisso que não possamos assimilar a dos outros e compreender que só chegaremos a algum lugar se contemporizarmos, se tivermos paciência e entendimento de que podemos errar. Eu erro! E você?

Quem é capaz de atirar a primeira pedra que o faça. No entanto, não vi ninguém que assim agisse que pudesse se ufanar. Elas voltam, tal qual bumerangue e nos atingem com violência.

Acho que o interessante é buscar o equilíbrio, fazendo um exercício diário para se livrar das velhas manias, abrindo a mente para o novo, para novas possibilidades. Isso vai lhe fazer melhor, creia. Saia a procura do que pode lhe acrescentar, tendo como base a compreensão. Seja melhor, invista nisso e a vida ganhará novas nuances.

terça-feira, 30 de setembro de 2008

ESTAMOS AÍ!


Me assusta a quantidade de pessoas traiçoeiras que conheci na net. Algumas que se vestem com um manto de bondade apenas para parecerem fadas do bem, mas que agem na espreita, sorrateiramente, enfiando-lhe uma faca nas costas quando você menos espera. Enquanto você pode ser útil tudo bem. Daqui há pouco vem o golpe.

Eu passei por isso, eu vivi isso aqui mesmo e isso me desencantou com essa net, apesar de ter encontrado muita gente boa, muitas pessoas dignas e merecedoras de respeito.

Gente que se faz de mensageira do bem , que sofre e chora, mas que no fundo vertem lágrimas de crocodilo são infelizes, tristes, fingidas, porque se ufanam de algo que não possuem, não tem e invejam os que podem sorrir livremente.

Eu não aprendi a lidar com esse tipo de pessoa. Nem quero, porque na esmagadora maioria das vezes o que vale é você ter consciência de seus atos. Talvez por ser assim acabei servindo de cais, ancoradouro para muitos que precisavam amarrar o barco e recebi em troca a tal facada nas costas. A estes a quem fui útil em algum momento recebo ainda hoje, por linhas transversais, manifestações de desapreço que beiram o ridículo, como se uma boa parcela não conhecesse os fatos. Só para lembrar a vocês, fica aí registrado que não é por mágoa, mas as porradas que levei estão bem gravadas e guardadas.

A vida segue e em determinado momento tudo isso será esclarecido definitivamente. Quem andou fazendo alusões não muito explicitas a tudo que aconteceu nessa net não viu ainda o outro lado dos fatos e uma versão que tem apenas um lado é sempre uma falácia. Não é porque fui literalmente sacaneado em determinado momento que devo estar desencantado totalmente porque há uma esmagadora maioria que salva tudo isso e é em nome dela e para ela que continuo acreditando.

Há também os que se associam para execrar, humilhar e perseguir. Esses são doentes, sem personalidade, desprovidos de caráter e que fingem também ser o que jamais serão. Ameaçam, mas não cumprem. Se escondem como ratos de esgoto.

A net enfim, se transformou no caminho natural para covardes espargirem suas frustrações, escolhendo qualquer um como alvo. Aqui não foi e nem é diferente. Volta e meia recebo mensagens doentias, daí ter livrado os leitores disso, passando a moderar os comentários, o que tem sido uma medida que se revelou boa, como fazem os blogs mais importantes da net, assolados por essas figuras.

O importante no aspecto da moderação é que os comentaristas entendam que esse recursos se faz necessário. Não se trata de uma questão simples deixar o sistema totalmente livre para que alguns despreparados possam usar o espaço com suas mentes tacanhas para atacar e vilipendiar.

O blog continuará a ser o espaço que abriga quem venha em paz, mesmo que divergindo do que penso. Não estou aqui para censurar quem tenha idéias diferentes da minha, até porque também aprendo com quem diverge e acho isso salutar. O debate de idéias é sempre o melhor caminho.

Misturei dois assuntos no post mas foi necessário. O que importa é que os falsos acumulem sabedoria para lidar com suas frustrações e aprendam a viver, enquanto foi oportuno registrar que os agressivos devem procurar outra praia para espalhar sua ira. No mais, estamos aí!

Mas receber CACAU de volta no Brasil é uma alegria. Essa criatura que por onde passa espalha seu sorriso farto, com aquele olhar inigualável, sem subterfúgios. Ter a CACAU de volta é bom de mais. E com sua chegada, que receba o nosso abraço, nosso afeto, nosso carinho. Vamos tomar uma belga aí em Sampa em breve. Por esses dias devo estar indo ver o Faichecleres na Inferno Club, na Rua Augusta e aí vai ser a ocasião. Seja muito bemvinda CACAU!

sábado, 27 de setembro de 2008

PESSOAL DO BBB PEIDA NA ÁGUA


A cada BBB que passa a mania de grandeza da direção e produção do programa aumenta. Mas agora está indo por um caminho sem volta, onde penalizar as pessoas que se inscrevem para participar está tomando um rumo cada vez mais perigoso. Agora, apenas para demonstrar o poder que tem, resolveram barrar dois quando estiverem para entrar na casa.

Eu estou começando a achar que o problema é de ego. Quem faz o BBB tem sérios problemas existenciais e como não pode fazer essas demonstrações em outros campos, escolheram os pobres mortais que vão para o programa em busca de aparecer para sacrificar desde o início. Imagina só as pessoas indo em direção a porta de entrada e dois deles serem tolhidos logo na entrada...

Não dá para entender que depois do tempo que tiveram e não saibam quem tem ou não condições para estar lá. Que processo de escolha é esse então? O dinheiro está rolando tão farto na Globo que durante meses a fio possa ser feito um tour pelo Brasil em busca de participantes para o BBB e ainda na entrada da casa não tenham visto que os escolhidos tem ou não condições de participar? Piada de péssimo gosto.

Há muitas formas de dar credibilidade a um trabalho e essa decisão de humilhar duas pessoas que vão ficar hospedadas em hotel durante dias, na expectativa de participar do programa, só pode estar partindo de alguém que tem sérios problemas consigo mesmo e deve buscar tratamento urgente.

Acompanhamos quase o ano inteiro a movimentação frenética de pessoas comuns, brasileiros que lutam por uma chance, que querem participar do BBB e que acham que podem de alguma forma se adaptar ao ritmo da atração. As declarações dessas pessoas chegam ao exagero, dando a demonstração de que baseiam seus atos nessa possibilidade. Vivem diante dessa chance. Aí chegam perto, bem perto mesmo e na hora de colocar os pés dentro da casa são barradas. Isso é maldade, humilhação, vergonha.

As idéias quando são boas, são e ponto final. No entanto há idéias que façam-me o favor. Nessa pessoal do BBB, vocês peidaram na água só para ver fazer borbolhas.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

MAIS UMA VEZ ¨DÁ-LHE MISS GRAZI!!!¨



O fato de participar de um BBB pode trazer muitas alegrias, algum faturamento, além da possibilidade de consagração como aconteceu com Miss Grazi, mas pode também servir como um meio de ser discriminado, perseguido, classificado como um ser menor, justamente por ter integrado o grupo participante do programa.

Na Rede Globo de Televisão, os ex-integrantes do BBB sabem que são olhados assim. Figurões da emissora olham para eles com ar de desdém e isso já vem de algum tempo. Declarações neste sentido já foram prestadas por inúmeros artistas, que não escondem a forma como o grupo é discriminado. Você acha isso justo?

Grazi ganhou a condição de protagonizar uma novela e seu autor sempre foi um dos que menos simpatia declarou a ex-participantes do BBB. Miguel Falabela nunca foi simpático a eles e teve que engolir a escolha de Miss Grazi como estrela de sua novela.

E foi com base nisso tudo que após uma série de regravações de cenas da novela Grazi ouviu dele que ¨o segredo do trabalho nunca foi saber bater, e sim saber apanhar¨.

Então está mais do que claro que ser um ex-BBB implica, na opinião do Falabela, que tem que apanhar muito. Fica a lição para quem já passou ou ainda vai passar pelo BBB de que além dos percalços que tem que passar para chegar lá, ainda tem que levar porrada.

Não é possível que isso continue na Globo. Isso dá margem a que esses ex-participantes que conseguem repercussão na mídia e que podem conseguir contratos, acabem dando preferência a escolher outras emissoras, até mesmo porque os que fizeram isso não sofrem esse tipo de problema. Basta ver o caso de Sabrina Sato na Rede TV.

Ninguém nasce sabendo, ninguém é tão talentoso que não precise de orientação e de ensinamentos. Isso está claro e não seria diferente com Miss Grazi, mas o estigma de ter sido uma BBB a vem perseguindo, servindo como marca para que seja alvo fácil de alguns globais invejosos, que aliás não tem o seu carisma.

Da mesma forma agem algumas figurinhas da net que torcem o nariz ainda para ela porque escolheram outras figuras para torcer naquela edição. O engraçado é que se ela não ganhou o premio, seu faturamento foi infinitamente maior e ainda está lá, contratada e protagonizando novelas, fato que machuca e enche de inveja um monte de gente.

Eu acho que pela sua dedicação, paciência e forma de ser, Miss Grazi ainda vai muito longe para desespero de todos que ainda tentam lhe desmerecer e por isso repito retunbantemente: DÁ-LHE MISS GRAZI!!!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Café que o jacu cagou é o melhor



Depois de tomar conhecimento que o melhor café do mundo vem de Sumatra, onde é ingerido por gatos e depois defecado, tendo as feses recolhidas e os grãos separados, tratados, torrados e moídos para se transformar no que há de melhor, o Brasil acordou e viu que um pássaro muito conhecido resolveu colaborar para fazer o mesmo trabalho, até meio sem querer, mas já está exportando o Jacu Bird Coffe, considerado um dos melhores.

Você que nunca imaginou tomar o café que um jacu cagou, pode se preparar para ingerir o que hoje é considerado o melhor café do Brasil. Não é nada demais, mesmo porque o produto já foi analisado, devidamente provado por especialistas inúmeras vezes e já virou matéria do Globo Rural, com destaque absoluto.

No Espírito Santo, que começou a produzir café há alguns anos atrás, Henrique Sloper de Araújo dono da fazenda Camocim (a pouco mais de 10 quilômetros de Venda Nova do Imigrantes na região de montanhas do Espírito Santo) investiu muito nessa produção, modernizando sua fazenda, com a cultura sendo feita a 1200 metros de altura, onde logo que se iniciaram as colheitas, verificaram que o jacu, uma ave típica brasileira, estava atacando a plantação para comer os grãos, depois defecando em torno do lugar.

O fazendeiro chegou a pedir autorização para eliminar os pássaros que estavam atacando os pés de café. No entanto, ao colher as fezes do bicho, verificou que os grãos saiam inteiros e não havia cheiro naquilo. Lembraram-se então do café de Sumatra que é colhido das feses dos gatos locais e resolveram aproveitar para uma experiência. O resultado foi excepcional e após testado no Centro de Preparação de Café do Sindicato da Cafeicultura de São Paulo pela doutora Eliana Almeida (engenheira de alimentos e jurada de concursos de café): “É raro você comprar um café com esta complexidade, com esta leveza, este café parece um licor. O gosto que fica depois é mais leve. Eu daria uns 90.” (a nota máxima é 100).

O café não tem nem preço no Brasil porque é todo exportado para a Europa e Estados Unidos.

Com a chegada ao Brasil das máquinas de café expresso, os cafés especiais estão ganhando espaço e novos produtos surgem a cada dia. Para quem gosta da bebida, a sofisticação está tomando conta do mercado com o surgimento de cafeterias estilizadas e que vão ganhando espaço no país.

domingo, 21 de setembro de 2008

-O AMANHÃ JÁ VAI CHEGAR!...



Jumentão e Maldita no Egito

Em meio a uma viagem feita ao Egito, Caboclo Jumentão viu seus parcos recursos escoarem pelo ralo ao encontrar ¨Maldita¨, a representante do sexo feminino mais linda de sua raça, por quem se apaixonou perdidamente e com a qual passou a visitar pirâmides, fazendo passeios turísticos, se esbaldando em boites, até que a fome apertou, entrou num milharal e foi pego com a boca na botija, acabando preso por roubar espigas de milho.(LINK AQUI)

O fato é verdadeiro. Jumentão não podia sentir um cheirinho de mijo feminino. Foi assim que rastreou até encontrar ¨Maldita¨, que passeava por um daqueles mercados egípcios, onde aqueles caras de turbante, com pele queimada do sol gritam aos quatro cantos, oferecendo suas quinquilharias. ¨Maldita¨ estava por ali porque é vaidosa e pensa ser superior, como muita gente que conhecemos e nosso herói acabou encontrando-a e cedendo a tantos encantos.

Primeira providencia foi comprar tudo que ela queria. Levou-a toda enfeitada aos mais belos lugares, sempre cercada de mimos, com guias previamente treinados para que nada saísse errado. Jantares, passeios intermináveis, banhos afrodisíacos no deserto, enfim era tudo uma festa.

Jumentão em seu passeio pelo Egito acabou esquecendo que o valor de nosso dinheiro por lá é bem pequeno. Competir com sheicks e faraós é dose. De repente a grana acabou. Desespero total e nosso herói levou ¨Maldita¨ para mais um passeio, que acabou num milharal da região. Ali, sem pudor, sem negar seus instintos, fez um sexo selvagem com sua fêmea, rolando pelo milharal e derrubando boa parte da plantação, após o que o casal se deliciou com enormes espigas que ficaram pelo chão.

O dono do milharal vigiava ao longe sua plantação e viu um enorme buraco no meio, correndo para o local, pegando Jumentão com a boca na botija, se fartando com as espigas. Chamou a polícia e prendeu Jumentão, em flagrante. Tadinho do nosso herói...

¨Maldita¨ foi dispensada pela polícia e fica desfilando pelas ruas daqueles mercados repletos de porcarias lá do Egito, toda enfeitada com os presentes que ganhou, tentando arrumar outro otário e ele, preso num cercado com ração controlada, espera julgamento, sofrendo pela paixão não correspondida. Uma aproveitadora aquela ¨Maldita¨.

Caboclo Jumentão ainda não se deu por vencido e do fundo do ¨carcere¨ confia que ainda consiga se libertar e em tom profético anunca com seu jeito peculiar, imitando o poeta: ¨O amanhã já vai chegar!...¨

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

O AMANHÃ JÁ VAI CHEGAR!



A internet é o lugar da mentira. Muito do que dizem, do que falam, não passa de uma forma de chamar a atenção para ter o ego inflado. Não que tudo seja falsidade ou inventado mas o que aumentam as coisas é uma grandeza.

Por outro lado, a internet é o lugar apropriado para deixarem de dizer muita coisa, escondendo, surrupiando informações, deixando de falar as ¨verdades¨ completamente, omitindo muito do que acontece, sempre ao bel prazer do interessado.

A internet é o lugar onde besteiras são ditas sim, porém é também na internet que muita gente que se auto-rotula de muito justa, muito certa, muito coerente, escorrega quando quer massacrar alguém, esquecendo-se que nem tudo foi dito, nem tudo foi esclarecido, nem tudo foi o que afirmam.

O tempo que passei aqui serviu para solidificar o que sempre pensei de que não sou melhor que ninguém, que pratico erros, que sou um ser humano como outro qualquer e que a coerência é sempre o melhor caminho para continuar a vida. Se deixo de ser coerente as vezes é porque sou humano e como tal jamais posso achar que sou melhor.

Infelizmente tenho visto cada coisa por aqui que me assusta. Meias verdades, meias palavras, meias histórias, meias personalidades, muita invencionice para impressionar. Quem muito rumina pode acabar chegando um dia a enlouquecer porque isso não é próprio dos humanos.

Guardar ódio, rancor, viver 24 horas de cada dia com a intensão de prejudicar alguém deve ser algo muito ruim. Mas há gente assim. Há, como há! Tanto há que não importa se esse ódio vá atingir até quem está próximo. To fora!

Muita verdade que tem sido ¨focalizada¨ nessa net assusta porque falta o final. Falta acabar a narrativa. Eu acompanho entristecido essas manifestações porque vejo que elas se tornaram obsessivas e doentias. Muito do que se diz, mesmo que contenha alguma verdade, caminha em direção ao surreal, entrando pelo campo das divagações. Aí dá para entender o quanto erramos em acreditar em algumas pessoas.

A net para mim é uma forma de dividir com o semelhante as alegrias, as experiências vividas, a oportunidade de encontrar o novo, de aproximar, de festejar e até de denunciar, mas inventar é foda.

Devo ter enormes defeitos, devo errar muito, devo também ter a oportunidade de caminhar em direção a consertar isso tudo, assim como devo entender que o meu direito de estar acima do bem e do mal, termina quando entendo e reconheço que o meu semelhante também tem os mesmos direitos que eu.

Ninguém é melhor que ninguém. Não há essa premissa de que o poder, a grana, a influencia coloque alguém num patamar superior porque entre iguais, independente de cor, raça, credo, o fim é o mesmo.

Menos gente, bem menos. O caminho da verdade não pode ser construído em cima de devaneios. Tem uma hora em que as verdades propaladas são tão exageradas que ficam no limiar da mentira e quando boa parte da verdade deixa de ser narrada, catapum... vira tudo história sem pé e nem cabeça.

A verdade, verdadeira mesmo ainda está por ser escrita. Ela será. Ah será... Não serei eu seu dono porque apenas a acompanhei, testemunhei, sofri com ela também, mas como dizia o poeta: O amanhã já vai chegar!!!

terça-feira, 16 de setembro de 2008

GRAZI BOICOTADA?


Eu não sei até onde há verdade no fato noticiado pela imprensa de que Miss Grazi teria ficado aborrecida porque Miguel Falabela teria mandado regravar boa parte das cenas da ex-BBB na novela que vai protagonizar. O certo mesmo é que ela é uma atriz em início de carreira ainda e como pessoa simples, educada, não deve se deixar levar pelo estrelismo que habita cada pedaço de chão do Projac.

Miss Grazi conquistou a todos justamente por sua simplicidade. Em suas aparições sempre deu para perceber que o sucesso pode ter lhe rendido alguma mudança mas nunca algo tão significativo que lhe roubasse o jeito cativante que tem de lidar com as pessoas. Se algo aconteceu, melhor apurar direito.

De uma simples participante de reality show a estrela, Miss Grazi deu um salto enorme. Lógico que na Globo não há nenhum maluco para tomar essa atitude, sem enxergar talento na pessoa. E ela tem correspondido, mas pode também estar sendo manipulada a ponto de começar a reclamar porque sua situação de ex-BBB incomoda a muitos ¨coroados¨ da Globo, que nunca esconderam a forma excludente como tratam os ex-participantes do BBB.

Miguel Falabela, autor da novela e ator da Globo andou tecendo elogios a Miss Grazi, porém não titubeou em mandar refazer as cenas já gravadas por ela e por outros atores para mudar o tom que queria imprimir. Se for assim, tudo bem, mas será?!...

Não será esse fato que vai mudar nada na forma do povo encarar a Miss Grazi que todos conhecem. Simples, esforçada e dedicada, ela tem o reconhecimento do público por esse seu jeito. Se ela estiver envolvida em alguma armação, contrária ao grupo do qual se originou e esteja sendo pega como ¨cobaia¨, logo saberemos. O tempo é senhor da razão e vai mostrar a verdade.

domingo, 14 de setembro de 2008

REVIVENDO O PASSADO


Esse orkut tem propriedades que mexem com a gente. Fui olhar uma comunidade dos ex-alunos do colégio em que estudei aqui no Rio e lá encontrei um monte de gente de uma época de ouro de minha vida.Fatos que se passaram e eram guardados num cantinho qualquer da mente pipocaram de uma hora para outra, como se estivesse revivendo aquilo tudo.

Engraçado é ler o relato de outras pessoas com o enfoque que tem desses acontecimentos. Cada um tem a sua visão, cada um fala sobre o assunto com a sua característica e a gente vai aprendendo que o ser humano é a peça chave de tudo. Aqueles acontecimentos do passado, narrados por outra pessoa que os vivenciou, tem um sabor especial, somada a sua interpretação daquilo que viu e viveu naqueles momentos.

Confesso que fiz uma verdadeira viagem no tempo e revi figuras destacadas desse período. Eles fazem até encontros para rememorar o que também consideram uma época áurea.

Se por um lado o orkut oferece chances de aborrecimento, como a clonagem de seu perfil, por outro lado remete a essas lembranças que são tão importantes na vida de cada um, cumprindo um papel que poucas ferramentas poderiam oferecer na net.

Vá até lá. Procure um pouco sobre o que foi marcante em sua vida e faça uma viagem no tempo. Pode ser muito legal!

sábado, 13 de setembro de 2008

NOTÍCIA



Eu acho que está faltando assunto na mídia especializada. Hoje o site Terra não tendo o que focalizar, fotografou a ex-BBB Carol Honório andando pela praia e tascou lá copmo se isso fosse um grande acontecimento. Eu estou perdendo a noção do que é notícia porque estão empurrando pela goela da gente fatos corriqueiros como se fossem algo de grande importância. Assim a coisa pega...

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

UM COVARDE A SOLTA


Uma pessoa não pode achar que tem mais poder do que as demais. Assim tem acontecido aqui no blog onde um desesperado que se intitula Anon tem feito ataques descabidos a mim e ao Tors, postando comentários próprios de quem vive das migalhas que a net pode oferecer. A princípio identificamos a pessoa como alguém muito ligado a a determinada blogueira que vive de enxovalhar as pessoas.

No entanto, vindo de onde vier eu acredito que vai encontrar problemas aí pela frente. Não vou permitir que as pessoas de boa vontade que acessam o blog continuem a ser obrigadas a ler tantas babaquices quanto essa figura tem dito.

O drama que o tal Anon vive é do tamanho de sua babaquice porque ameaça ficar de plantão aqui no blog para fazer ataques a mim e ao Tors. Pois eu estou a disposição para que suas resoluções sejam levadas a cabo. Aliás, tanto aqui no blog como em qualquer lugar. Nunca fugi de nada e se o sujeito tem tanta coragem para escrever besteiras num computador deveria ter também para resolver suas pendengas pessoalmente, mostrando a cara e dizendo o que pensa. Do contrário não passa de mais um covarde.

Infelizmente estou tendo que tratar do assunto neste post. Peço desculpas a quem vem ao blog mas vou noticiar o resultado disso.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

O FILHO DE ANALY E ALAN



¨lú
filho de analy e alan, ex.bbb, subfamosos, misto de chuchu com alface…..bem , o importante é ter saúde
25/07/08 | 10:52 pm | URL | # ¨


Conforme solicitação no sistema de comentários, mesmo com mil compromissos de trabalho, sem tempo ata para beber água, principalmente belga, é lógico, sai a cata de uma foto do filho de Analy e o que encontrei num blog denominado ¨Fofoquinhas¨, hospedado no UOL, foi esse comentário aí de cima.

Essa tal de Lú deve ser uma figura que tão impoluta a gente confunde as bolas na hora de pronunciar a palavra e acaba encontrando um rumo para a vida da criatura. De péssimo gosto o comentário, proveniente de um tipo de pessoa que deve ter mil desavenças com a vida.

Uma criança que vem ao mundo é uma dádiva e não basta apenas que a gente deseje saúde. É preciso reconhecer no semelhante a beleza de poder contribuir com a humanidade, gerando um filho. Esse filho tem contribuições a dar para todos e daqui estamos aplaudindo muito. Saúde só? Não, saúde, bênçãos, prosperidade para o casal, desejando que esse menino Théo possa adquirir dos pais os melhores ensinamentos para encarar esse mundo, sendo uma pessoa de bem com a vida, que respeite a todos e quem sabe no amanhã possa estar contribuindo para que a Lú saia de alguma enrascada em sua vida. Pois é, que coisa não é? Filho de chuchu com alface, subfamosos, pode vir a ser um médico e salvar sua vida.

Lidar com esse tipo de reação é o que provoca a gente. Pessoas com essa característica deviam repensar suas vidas. Não custa ter respeito por alguém a quem não se conhece.

De qualquer maneira, a Analy e ao Alan, meus cumprimentos e o desejo sincero de mil felicidades ao casal e ao guri que já deve estar dando trabalho para os dois.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

EX-BBB É ARTISTA?




Desbancando o que uma grande parte das pessoas alegam, ex-participantes do BBB conseguem dominar o noticiário e figurar na mídia especializada com certa facilidade, numa prova de que os artistas estão se enclausurando, se escondendo, alguns com uma frescura enorme e alegando que estão tendo sua privacidade invadida. Enquanto isso, ex-BBB tomam o espaço e fica parecendo que não são tão ¨vazios¨ quanto alegam por aí.

Na página Gente & TV, do site Terra de hoje está a prova disso: Fani é notícia para o site porque compareceu a uma peça de teatro com um decote razoável, Alan Passos, ex-namorado de Miss Grazi, também é focalizado embarcando com alguns artistas que vão participar do campeonato mundial de futebol de artistas, além da própria Miss Grazi, que gravou chorando uma cena da nova novela que vai protagonizar.

É significativo que nenhum dos citados participou do último BBB. Já são um pouco mais antigos e ainda conseguem marcar presença e aparecer na mídia.

Há sempre um certo preconceito com relação a participantes de BBB e isso já ficou claro até na própria Globo. Lá, algumas ¨estrelas¨ ainda são reticentes com relação ao pessoal que andou pela casa do BBB, mas esquecem que se escondem, são grosseiros com fotógrafos e cinegrafistas, gritando aos quatro cantos que querem privacidade. A coisa é tão séria que deu margem a que o Pânico na TV se especializasse em sacanear artistas metidos a besta.

Isso pode explicar um pouco o desespero de algumas pessoas em querer integrar um BBB. Aqueles que gostam de aparecer acabam ocupando espaços que antes eram destinados a artistas. Ou será que eu estou enganado e ex-BBB também é artista?

GYSELLE É CELEBRIDADE Nº1




Gyselle Soares, a ¨cajuina¨ que participou do BBB e foi tão criticada, inclusive por mim, parece ter encontrado seu caminho. Ela hoje figura como celebridade número 1 no site EGO, da Globo, desbancando gente famosa e prosseguindo em sua trajetória para se firmar num cenário complicado como é o meio artístico.

Gyselle conseguiu uma dose extra de exposição na mídia ao aceitar fazer um ensaio para a Playboy e está procurando aproveitar ao máximo essa chance. Com o faturamento em dia ela deve estar um pouco mais tranqüila para investir em sua carreira, que aliás, ainda não sabemos qual é verdadeiramente.

De qualquer maneira, espero que ela aproveite bastante e fature muito. Isso tudo tem um prazo e ela está conseguindo estende-lo ao máximo.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

BBB A PROCURA DE SEUS NOVOS INTEGRANTES


O pessoal do BBB anda fazendo um turismo legal pelo Brasil. Claro que é bom checar ¨in loco¨ os candidatos, verificando a possibilidade de cada um render no programa, mas isso também aumenta a responsabilidade. Se ao final tivermos um grupo de fraco desempenho, sem nada que atraia audiência, isso pode causar sérios problemas e esse turismo vai ser cobrado pela Globo.

A gente percebe que o BBB em alguns casos passou a ser a tábua de salvação de um monte de gente. Há pessoas que seriam capazes de qualquer coisa para entrar no programa. E fico me perguntando se isso realmente vale a pena.

Lógico que aquele papo das ¨celebridades instantâneas¨ está valendo, mas até que ponto isso pode ser tão decisivo na vida de alguém? As oportunidades do pós-BBB não tem se revelado tão compensadoras assim. Dá para contar nos dedos de uma só mão, tirando os ganhadores dos prêmios, os que tiveram lucros dignos de registro.

Há pessoas talentosas por todo o Brasil que mereceriam uma chance na TV, independente de BBB. Mas infelizmente confundiram as coisas e ao invés de perseguirem o ideal de buscar uma chance especifica como atores, comediantes, jornalistas, preferem ir para a casa e desvirtuam completamente o verdadeiro objetivo que tem.

Esses fatores tem prejudicado o desenvolvimento do jogo no BBB, aliado ao desejo da direção de transformar o programa numa novelinha mexicana. Para o grupo feminino, o BBB agora é o passaporte para ganhar uns trocados na Playboy.

A cada ano que passa a gente fica esperando que algo mude, que aconteça uma reviravolta, mas no fundo nada se altera. O faturamento comercial é privilegiado e os rumos são traçados de acordo com o patamar de audiência que vai sendo registrado.

Certamente todos estamos esperando que seja escolhido um grupo com melhores condições. Esse é um dado importantíssimo para que o BBB ganhe de volta o atrativo que faz as pessoas ligarem a TV todos os dias para esperar o programa. Ainda resta uma espernaça.

sábado, 6 de setembro de 2008

PREFIRO SEMPRE ASSIM


Você certamente conhece aquele tipo de pessoa que se faz de muito importante, que tem muita influência, que não se faz de rogada para demonstrar superioridade com base em suas posses, achando que por isso está acima de tudo e de todos. Seu circulo de relacionamento tem, obrigatoriamente, que se curvar a essa condição, sob pena de ser execrado. Enquanto você atende aos interesses dessa pessoa, tudo certo. Quando se cansa de ver o tamanho da falsidade e da sacanagem que envolve o tipo, caindo fora, você passa a ser alvo.

Tem gente que nasceu para pisar nos outros. Existem pessoas que só se satisfazem se puderem pensar que estão no patamar de cima, olhando para seus semelhantes de cima para baixo. Esquecem que o mundo dá muitas voltas, que a vida não é isso e que o que existe de melhor no mundo é exatamente aquilo que deploram: gente!

Não me canso de encontrar gente assim e confesso que o tipo serve para que eu possa fazer auto-analise, buscando enxergar melhor meus defeitos para tentar consertá-los. No fim das contas, sempre há lições a tirar de gente mesquinha dessa natureza.

Olhe em volta, procure direitinho e veja se você já não encontrou alguém que conheceu e que extraiu o seu melhor, buscou de você tudo que tinha de bom para oferecer e depois virou as costas, falando mal e espinafrando.

Eu já vivi isso tudo. De certa forma, enxergo ao longe, mas bem longe mesmo, pessoas com essa característica e faço questão de me distanciar ao máximo porque no fundo da alma dessa gente ainda posso vislumbrar fluidos maléficos sendo exalados e não quero ser contaminado.

Temos que aprender a cada dia que conviver, estreitar laços, compreender é bem mais produtivo do que tentar ser algoz. Não me move sentimento de vingança contra ninguém porque acredito que agindo assim eu estaria sendo pior do que quem me atingiu. Para isso é preciso ter serenidade, equilíbrio e fé.

Na minha forma de enxergar a vida e o mundo, entendo que Deus seja o melhor caminho para entendermos o lado bom e também aquilo que não nos beneficia. É através dele que entendo melhor as fases de minha existência. E é justamente por crer em Deus que posso entender que antes de buscar me locupletar com qualquer coisa de meu semelhante eu devo sempre oferecer as mãos, deixando-as estendidas. Prefiro sempre assim.

Candidatos saídos do BBB. É pra rir!


Quando fiz o post do Carlão eu não imaginava que tantas outras figuras estivessem se aventurando na política, buscando uma eleição de Vereador. E confesso que fico pasmo com esta situação. Eles chegam ao ponto de afirmar, como o Alberto, que não tem plano definido, como eu já dissera. Me assusta isso e acho que votar em alguma pessoa que pleiteia ocupar um cargo eletivo sem saber o que vai fazer lá é demais.

O Alberto pode merecer todos os aplausos por sua participação no BBB, porém nesse caso deu a maior mancada de sua vida. Creio que essa exposição é desnecessária e indica apenas uma forma de buscar novos rumos para sua vida. Só que para ser Vereador a pessoa tem que saber o que pretendo, tem que ter propostas, tem que se certificar de seus ideais e dos caminhos que irá tomar para solucionar os problemas do povo.

Ninguém nasce sabendo. Eu sei que é preciso um aprendizado para se chegar a algum objetivo. Mas no caso, somos nós que vamos pagar para o sujeito aprender, mesmo porque ele não se preocupou em adquirir conhecimentos mínimos para poder pleitear o cargo de Vereador. Não é simplesmente dizer que tem que legislar e fiscalizar a Prefeitura.

Como alguém pode ser capaz de fiscalizar o Poder Executivo sem conhecimento prévio do significado de finanças públicas, que tem uma característica totalmente diferenciada da iniciativa privada.
Na TV
Um Vereador tem que conhecer com profundidade a Lei 8.666, que regula e normatiza as licitações no Brasil. Aliás, não só essa mas muitas outras. Mas infelizmente, nesse caso, as pessoas qurem dar um salto engraçado: primeiro acham que podem ser artistas por terem participado de um BBB e depois querem ser políticos. Isso é no mínimo uma covardia com o povo.

Não quero daqui bancar o sabichão mas daí verificar que o sujeito pensa que apenas pelo fato de ter aparecido na TV, num programa como o BBB e entender que isso o credencia a ser candidato, vai um pouco além do ponderável. Isso é, no mínimo, uma covardia com a população, que é levada ao engano de acreditar que estará escolhendo bem, quando na verdade vai acabar votando em quem nem sabe o que tem a fazer.

Assim é o BBB que cria uma legião de deslumbrados, que passam a imaginar que pelo fato de terem sido escolhidos para ficar naquela redoma, enclausurados, estão aptos a qualquer coisa.

Quer chupar essa manga, o problema é seu!!!...

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

EX-BBB É CANDIDATO


Carlão, aquele carequinha que se achava muito engraçado no BBB resolveu sair candidato a Vereador em sua cidade, em São Paulo. Ao que parece o cara foi mesmo picado pela mosca e se não arranjou uma maneira mais eficiente para dar vazão aos seus ¨dotes¨ artísticos, enveredou agora por um caminho mais tortuoso ainda.

Existem pessoas que cismam que tem que aparecer de qualquer forma, mesmo que não tenham nenhum atributo para se sobressair numa atividade que exija exposição. Insistem nisso e mesmo que tenham que pagar um mico bem grande, lá estão fazendo esse exercício. Para mim o tal do Carlão é um exemplo claro disso. No fundo até desejo sorte ao cara, mas achar que é engraçado e por isso ir ao extremo de postular uma vaga de Vereador, vai uma distancia enorme.

Os cargos eletivos estão aí para qualquer um disputar e ocupar. É o povo quem decide. No entanto, a gente sabe que nossa gente é ruim para escolher seus representantes. O pior é que um sujeito que se acha engraçado faz a analogia com a possibilidade do exercício da política e lá se vai o dinheiro do povo para pagar a uma pessoa que no fundo só quer fazer graça.

O Vereador é um legislador. Seria necessário saber em primeiro lugar o verdadeiro significado disso. Mas não... o que os caras querem mesmo é o salário, os cargos, os benefícios inerentes ao exercício do mandato. Vale tudo isso só porque o cara se acha engraçado ou porque ele tenha participado de um Big Brother?

Eu acho que política é a atividade mais séria que existe, porque lida com os interesses da coletividade. O representante do povo tem que ser um padrão como pessoa. Não é só uma questão de postura mas também de capacidade para poder representar quem o conduz ao cargo. Suas propostas devem estar atreladas ao interesse público e disso não podem se afastar em nenhum momento.

Uma pequena sabatina com mais de 90 por cento dos candidatos atuais já seria suficiente para provar que não estão aptos a exercer nenhuma representação popular. Política é mais que a vontade de ser candidato. Vai além, muitos furos acima.

Se o Carlão está apto a isso, que seja feliz, mas se for apenas aquilo que eu acho, isto é, uma questão de aproveitar a visibilidade alcançada no programa, creio que deu mais uma bola fora.

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

SIRI REAGE A NOTÍCIA DE BLOG


Nunca tive simpatia pela tal Siri que participou do BBB. Sempre considerei essa criatura meio desarranjada por excelência e forçadora de barra. Sua aparição como participante de um BBB não convenceu porque nunca achei que ela tivesse uma característica que fosse para estar ali. No entanto, a tal Siri foi desancada por um blog recentemente, acusada até de renegar um filho. Agora o negócio pegou e a ¨assessoria¨ dela já se pronunciou e isso pode acabar em problemas para quem andou tratando do assunto que é negado com veemência.

Na verdade nunca tinha ouvido falar nisso até ler o post em que Fani também foi desancada como uma ninfomaníaca que ¨aturou¨ fazer sexo com aquele Alemão que ganhou 1 milhão. No mesmo texto Siri foi alvo. Aliás, Siri foi o motivo de tudo porque a tal blogueira queria atingi-la a todo custo.

Quando se ultrapassa o limite do ponderável só pode mesmo acabar dando nisso. Quem cutucou a casa de marimbondos agora que segure porque a repercussão está sendo no nível que a autora do texto pretendia para suas gracinhas.

Siri que não é boba nem nada já deve estar fazendo seus movimentos para que as colocações que lhe atingiram sejam reparadas. Afinal disseram que a mulher renega um filho que teve e ela mandou sua assessora informar que a tal criança é o filho de uma parenta que estava em sua casa quando foi gravada uma entrevista para a TV.

O bafafá está formado e agora, tirando a Fani desse embrulho, quero só ver aonde vai parar a sacanagem que foi armada.

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

PENSE O QUE QUISER



Onde está a maldade? Ora, a nossa cabeça funciona para tudo, até mesmo para fantasiar, através de imagens, situações bizarras e absurdas, mas a vida é assim e não há como mudar. Isso vem dos primórdios. Situações normais, sem nenhum tom de imoralidade, sem nenhuma conotação anormal são transformadas em algo inominável. Assim é o ser humano.

Um dia alguém fez alusão ao que pensa um animal, tipo o jumento. O que será que ele acha das fraudes nos setores públicos que enriquecem tanta gente? Porra nenhuma!

O que nosso amigo aí da foto está pensando, apresentando-se despudoradamente descomposto? Cuidado com sua resposta. Ele, seguramente, está interessado em satisfazer sua necessidade fisiológica e quer se aliviar, mas é lógico que só quer urinar.

Viu como a mente humana é? Nós temos a tendência de viajar na maionese. O que você pensa em muitas situações pode não ter nenhuma relação com a realidade. Ou será que você ainda está pensando naquilo?!... Não aceitou meus argumentos, não é mesmo?

Calma! É muito normal que esses pensamentos assolem a cabeça de todos nós humanos. Nascemos, crescemos, ficamos bobos e ao envelhecer nos tornamos chatos para em seguida morrer.

O jumento aí da foto, se tivesse condições reais de pensar estaria rindo de todos nós, pode ter certeza.

De qualquer forma o livre arbítrio existe e está aí para ser exercido em sua plenitude. Pense como quiser, você é diferente dele e pode.

BBB E SEUS DETALHES



A produção do BBB está percorrendo o Brasil e a última notícia é de que estão no Paraná com o questionário que busca saber o nível de conhecimento das pessoas sobre o programa. No Rio de Janeiro isso foi um fracasso e pode ser que em outros lugares acabe dando certo. No entanto, isso pode ter alguma importância fundamental para a escolha de um futuro importante?

O conhecimento do BBB para um futuro participante não precisa ser tão profundo a ponto de responder detalhes que não vão mudar coisa nenhuma. Ganhadores como Mara, Cida, Alemão pouco sabiam e ainda assim foram lá e faturaram o premio. Mudou alguma coisa por isso?

A cada ano a gente percebe que a produção inventa coisas novas que acabam não dando em nada. O que deviam era relaxar um pouco com a situação dos participantes dentro da casa, onde a sessão de esporros é constante e inibe situações que poderiam ser interessantes para o desenrolar do relacionamento interno.

BBB com intervenções espúrias da Direção já se tornou sacal. Quem não sabe que a retirada do som no PPV é sinônimo de alguma bronca geral? Isso muda os rumos do que está acontecendo lá dentro e muitas vezes o que deveria ser natural passa a ser forçado, com a obrigação de que sigam regras cujo resultado não tem nada com o que interessa ao público.

Tabus foram criados, o público aceitou e não entendeu que o espírito predominante deve ser o de privilegiar o jogo do BBB, mas o interesse pela novela se sobressai, se impõe, num desvio de rota que vem cansando.

O Big Brother não é do Boninho, muito menos do Pedro Bial com suas intervenções estapafúrdias que acabam alterando rumos importantes do programa. As votações nos paredões precisam ficar mais claras e seus critérios devem ser detalhadamente expostos.

Não tenho esperanças de mudanças nesses detalhes cruciais. Afinal, interessa sempre que algo possa ser manipulado e que este ou aquele participante possa se beneficiar dos rumos que estão sendo impostos. Audiência acima de tudo, faturamento mais ainda. Este é o BBB.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

A MUDANÇA DO TELEBLOG



Toda mudança implica que tenhamos que nos acostumar a alguma novidade. Nesse caso estou me referindo ao sistema de comentários que não é complicado como pode parecer. Basta que se assinale ¨Nome/URL¨ e digite os números de confirmação e o comentário estará postado. Trata-se de uma forma de segurança mas nada que possa complicar a vida do usuário.

A mudança para o blogspot foi feita após um período de adaptação em que foi possível me livrar das amarras da Globo.com, que abandonou a sua ferramenta de blogs, sem inovar, sem proporcionar aos usuários os avanços que hoje em dia são esperados de um blog.

Portanto, na verdade a intenção foi de melhorar o blog para os leitores. O padrão utilizado por aqui é mais uniforme, mais conciso, mas objetivo, com melhor visualização e assim o Teleblog passa a ter mais mobilidade.

Estou fazendo esses esclarecimentos porque em breve a página antiga do Teleblog ficará apenas com um link para cá.

De qualquer forma quero agradecer aos leitores do Teleblog que sempre prestigiaram esse velho escriba, mesmo nos momentos de ebulição. Afinal este blog nunca foi correr das batalhas.

Independente de BBB sempre tracei rumos que pudessem provocar os leitores a comentar e emitir suas opiniões e assim vou continuar a agir porque o maior interesse é a interatividade.

Uma nova etapa se inicia, uma nova jornada e gostaria de poder continuar contando com quem sempre prestigiou o Teleblog. Agora em uma nova casa mas com o mesmo espírito.

SOB AS BENÇÃOS DO JUMENTÃO



Eduardo Neves Tonietto é um paranaense de 22 anos que se inscreveu no BBB e quer uma chance de aparecer por aqui. Eu não pretendia fazer isso, mas como o cara insistiu e numa de suas fotos aparece ao lado de seu amigo, o Caboclo Jumentão, nosso conhecido e vingador do Teleblog, achei que seria interessante focalizar um pretendente a estar na casa mais vigiada do Brasil.

Quero crer que o Eduardo não leu o que escrevi aqui sobre o assunto de focalizar aspirantes ao BBB. Considero meio perigoso estar aqui no Teleblog por causa da posição de independência que tenho em relação a produção e direção, diferente de outros tantos puxa-sacos que tem por aí. Mas como o Eduardo insistiu, aí está o cara, ao lado de nosso conhecido Caboclo Jumentão, após uma sessão espírita em que o objetivo maior era exorcizar véias noveleiras, véias desbocadas, patos com diarréia e afins.

Depois dessa sessão, onde Eduardo foi devidamente orientado por nosso herói Jumentão, vingador emérito e sacramentado, teve ainda que assumir o compromisso de ser anti-novelinha, combatendo quem não queira jogar, quem queira usar o BBB apenas para se locupletar.

Vamos levar fé no Eduardo, apesar do perigo que representa estar aqui no Teleblog, o que deve desagradar a KGB.

No entanto, com o Caboclo Jumentão como protetor, pode ser até que o Eduardo consiga. Afinal há mais coisas entre o céu e a terra do que possa imaginar a nossa vã filosofia.

Boa sorte Eduardo!!!

terça-feira, 26 de agosto de 2008


 
Posted by Picasa

Itacuruçá, em Mangaratiba, um pedacinho do paraíso. Um lugar para curtir a vida.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

COMO ENTRAR NO BBB



Gyselle Soares como jamais foi vista. Ela é o exemplo de ex-BBB que continua faturando. Foto de J.R.Duran para a Playboy


Vem aí o BBB9 e com isso os candidatos a participantes estão em polvorosa com a nova modalidade de escolha que o Boninho inventou de mandar uma equipe a várias cidades para entrevistar e fazer uma seleção dos prováveis futuros integrantes da nova edição. Não são poucos os que aspiram a chance de viver em confinamento para depois conseguir um faturamento. O BBB hoje é uma forma de as pessoas pensarem que vão conquistar espaços na mídia para faturar com isso. E, de certa forma, isso é possível mesmo.

Defendo a idéia de que um BBB com atores, atrizes e cantores que estão em início de carreira venha a acontecer. Seria uma chance real para quem realmente tem aptidão a enveredar pela carreira artística, alavancando a carreira com a exposição forçada.

No mundo de hoje, uma bela bunda já é suficiente para um faturamento estupendo, sem necessidade de outros atributos, vide Mulher Melancia e outras frutas. Literalmente é caso do bundão que deu certo. Portanto, o BBB seria o caminho inverso porque pegaria pessoas com talento, com formação profissional e faria apenas uma exposição maior para consagrá-las. Garanto que não faltam pessoas com essa característica.

Nessa esteira de candidatos ao BBB9 é fácil encontrar de tudo. De loucos a extremamente equilibrados, de ridículos a exóticos, de todo tipo enfim. Mas o tal site oficial já mostra bem o time que quer estar por lá e há pessoas interessantes sim. O que não me convence são os critérios de escolha, que acabam dando resultados questionáveis como os últimos que temos visto.

Seja lá como for, a caça aos ¨abençoados¨ já está iniciada. Uma grande dose de sorte é necessária para conseguir chegar, além de algum atributo que só a produção sabe dizer. Não há fórmula, não há um critério rígido.

Se você quer estar no BBB9, a última coisa que aconselho é de ficar pela mídia pedindo orientação ou espaço. Acho que isso só prejudica e até pode retirar as chances que existam. Confie no seu taco e vá em frente. O resto é o imponderável.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

QUEM NÃO GOSTAR...




Raimundo Fagner, o cantor e poeta nordestino nos últimos tempos deu de soltar a língua e bateu forte em Caetano, além de outros ¨mimados¨ da mídia metida a besta. Gostei do que ele andou dizendo e confesso que sou meio brégão, detestando mesmo esse gênero musical que chamam de MPB clássica, principalmente do estilo João Gilberto que alguns por aí tanto cultuam e que agora volta a baila com shows que a figura vai realizar por aqui.

Os ingressos já acabaram para ver o cara de vozinha mole, que toca violão baixinho, meio arrastado. O meu $ ele não viu, não vê e não verá. Assim como ele, Gil, Caetano e outros do mesmo time. Que me desculpem os admiradores desse pessoal mas estou mais pro rock de linha melódica que faz o povo balançar. Música pra mim é algo mais agitado e que desperta a alegria nas pessoas. Marcha fúnebre, no estilo bossa-nova, não me faz a cabeça. Prefiro até um samba-canção a la ¨Dolores Duran¨ que aí sim é a genuína MPB.

Mas o meu gosto é uma coisa e o que o povo gosta já é outra. Só que esse pessoal é metido a fazer divagações sobre a situação do país, opinando sobre tudo e acabam empanzinando o estomago da gente. Por isso que Fagner desancou a tralha e meteu a porrada.

É por isso também que a gente fica esperando lançamentos de CDs de música brasileira e a indústria está reticente de lançar. Poucos são os artistas que conseguem hoje preencher os requisitos exigidos pelas gravadoras para grandes lançamentos, a não ser que gastem e produzam por conta e risco.

No exterior, a qualidade é sempre superior no que tange as produções e os artistas tem como se dedicar integralmente ao ofício. Aqui é meio complicado porque tem artista que acha que além de compor, tocar e cantar, tem também que viver de declarações que não dizem porra nenhuma. E o pior é que tem uma parcela considerável da mídia que os acompanha.

Para ilustrar um pouquinho, o vídeo que colei aqui foi uma homenagem prestada a George Harrison, interpretada por Billy Preston, Eric Clapton, Ringo Starr, Paul McCartney, Dhani Harrison, em 2006. Isso mostra o que é música e o que é qualidade. Aliás, considero um privilégio, pelo menos poder assistir a um vídeo como esses. Trata-se de uma peça que nem com mil anos poderá ser esquecida, tamanha a grandeza da emoção que transmite. Quem não gostar, perdão, é ruim da cabeça ou doente do pé.

quinta-feira, 31 de julho de 2008

O BOM BBB


Eu vejo falar sempre das véias noveleiras. Acompanho essas colocações e sei que isso tem tudo a ver com a tal net BBB, porém acabo encontrando meios de bater palmas para elas em alguns aspectos. Elas não são tão babacas, quanto certa figura que anda por aí como pato quá, quá a vomitar merda.

Nunca vi as ¨véias¨ a fazerem cagadas tão estrepitosas como o pato. Ele uma hora se diz vítima, outra hora se coloca como o fodão da net, mas não passa de uma figurinha mesquinha, covarde, fujona, encagaçada. Qualquer coisinha e lá vai o babaquara apagando tudo que escreveu para não ser pego em suas lambanças. Covardaço ou Covardaça. Até hoje não se sabe se a criatura tem pintinho ou se tem xibíu... Estou mais propenso a acreditar que seja hermafrodita. Uma hora pensa que é homem e fala grosso, porém dobrando a munhéca e na outra parece uma patinha quá, quá.

Que merda é essa então que habita essa tal net BBB?

O (a) patinho (a) quá, quá é cagão (ona) mesmo. Ele (a) escreve suas merdas, bota no ar e fica olhando, olhando, olhando. Não demora e acha que fez merda, retirando tudo rapidinho para não ser pego no escurinho do cinema. Sabe aquele tipo de boiolinha que freqüenta as salas de cinema para ficar apalpando os cinéfilos? Pois é, é isso aí.

Toma vergonha na puta da cara seu (sua) bosta. Aprende a encarar de frente as situações que você gosta de criar. Mostra tua cara e vamos a ¨la plaia¨ para que não fique pedra sobre pedra. Isso aí é como o teste da farinha: você já passou da hora de mostrar quantas pregas ainda tem. Big Brother bom, mas bom mesmo, é esse aí. É melhor que o da telinha. Vamos lá então patinho (a) quá, quá porque tá na hora de você sentar na roda de farinha de trigo e mostrar pro povo todo que é o maioral, agüenta?!...

Vou até providenciar um livro (virou moda mostrar livrinhos na net) que ajuda um pato ou uma pata a curar suas preguinhas depois de ser arregaçada.

Essa fase que antecede o BBB, sem maiores notícias, sem grande estardalhaço, é bem própria para quem não tem o que fazer, ficar arremessando petardos contra pessoas que participaram do programa e que não lhe agradam. É o caso do patinho quá, quá com Gysele, Íris, etc.

Já perdi meu tempo, já gastei o teclado, a energia, etc. Realmente esta bosta não vale isso. Quem gosta muito de elogios acaba virando alvo também. Se a Gysele pode, porque um pato cagado não pode.

Bye, patinho cagado...

quinta-feira, 8 de maio de 2008

FANI FOI ROUBADA



O DIA
Rio - A maré não anda nada boa para a ex-BBB Fani. Além de contar ter sido furtada pela ex-empresária, pegou dengue e, para completar, não consegue falar com ninguém porque seu celular também ficou nas mãos da ex-agente.

É aí que mora o perigo. Ex-BBB quando sai da casa, acaba acreditando fácil nas pessoas e dá nisso.

Fani é uma pessoa especial, que sempre teve minha admiração por ser desprendida, alvo fácil de críticas de futriqueiras covardes, vítima de preconceito por ser uma pessoa de seu tempo. Daqui sempre defendi sua forma de ser porque isso é um problema dela. Caiu nas mãos de alguém que não devia e só espero que possa dar a volta por cima, como sempre, para se livrar da dengue e recuperar os prejuízos que teve. Dá-lhe Fani!!!

terça-feira, 6 de maio de 2008

CELEBRIDADES


O termo ¨celebridade instantânea¨ nunca foi tão apropriado como desta feita no pós-BBB. Quem parece que vai ficar mesmo como saldo dessa última versão do reality show parece ser Natália, Juliana e um pouco de Gysele. Só as mulheres conseguiram um espaço pequeno diante do que já aconteceu no passado com ex-participantes.

Eu não estou falando isso com o sentido de crítica porque por mim todos poderiam e até deveriam estar alcançando muito sucesso. Quando critico algum participante do programa isso está relacionado com sua participação na casa. Depois são outros quinhentos.

Hoje li que Marcos (o tal Papai Vanoli) e Tati Bione puseram um fim no ¨romance¨ que tentaram trazer para fora do BBB. Era esperada essa notícia e pelo que se depreendia não iria muito longe o negócio.

Rafinha está tentando fazer sua banda decolar em Campinas, mas pelo visto não vai ser muito fácil porque o ganhador do BBB, depois de encerrado o programa se enclausurou, andou tendo problemas com o público e parece que não convenceu definitivamente. Deu sorte de ganhar 1 milhão e vai ter que se contentar com isso pelo que parece.

Por mais que tentem enveredar pela carreira artística, ex-BBBs com talento suficiente foram poucos. Nesse aspecto destaco Juliana Alves, que se consagrou com sua participação na novela ¨Duas Caras¨ e conquistou o passaporte para continuar na TV, assim como Grazi, a nossa Miss Grazi que também está aí faturando e mostrando talento.

domingo, 4 de maio de 2008

TESTANDO o BLOGSPOT



O PRESENTE POST É UM TESTE.

A imagem é da comentarista Cacau. Foi através dela que eu conheci o Tors.

MUDANÇA ?


Nestes tempos de vacas magras, aproveitamos geralmente para repensar os caminhos tomados na net e até para analisar a possibilidade de melhorar as ferramentas do blog, sempre em benefício dos leitores que nos acompanham. Isso é normal com qualquer blogueiro. E estou avaliando a possibilidade de transferir o Teleblog para outro provedor, mais ágil, mais eficiente e que tem conquistado mais adeptos que o próprio blogspot, do Google. Estou falando do wordpress.

O Blogger parece estar em fim de feira. Não dá mais atenção aos blogueiros, não muda nada, não atualiza. Enfim, está pouco se lixando. A Globo parece estar com problemas neste sentido e mesmo continuando a ser meu provedor de acesso, creio que em nome de melhorar o blog o melhor a fazer seja hospedá-lo em local mais condizente com a realidade atual.

A dúvida é wordpress ou blogspot. A primeira opção está me parecendo ser uma excelente pedida, mesmo sabendo que a segunda também é uma ferramenta poderosa e que tem o aval do Google.