quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

O BBB AINDA ENTUSIASMA


Me peguei praticando de forma muito natural uma rotina que desenvolvo comumente há alguns anos: assinando o ppv do BBB12. Divaguei com o significado do gesto, na condição de comentarista contumaz do programa e fiquei me perguntando se ainda tenho a mesma disposição de antes para levar a cabo a missão de buscar propor aos leitores deste blog o debate objetivo das questões que surgirão e a resposta encontrada é a de que mesmo passado tanto tempo, ainda persiste o entusiasmo para discutir o assunto.

Os inúmeros amigos conquistados, a imensa legião de visitantes que o blog conseguiu e consegue são o alimento natural para que o entusiasmo prevaleça e seja o combustível para novas divagações, sem nunca querer impor e muito menos achando que minhas conclusões são definitivas, até porque em matéria de BBB nada o é.

Mais uma vez vou tentar evitar abrir torcida para qualquer participante. Ao final, quase que se torna impossível mas tentarei agir assim para que a isenção se torne um componente capaz de fazer com que os leitores me estimulem. Afinal aqui fazemos uma troca de energias e esse tem sido o motivo da permanência em atividade deste blog após tantos e tantos anos.

A cada ano surgem mais e mais blogs de BBB, novos e entusiasmados “especialistas” e assim como o Tors, a Lupa e mais um ou outro, acabo achando que somos mesmo “jurássicos”. Nem sei se isso é bom, mas o mais certo é que a autenticidade é a melhor forma de tocar o assunto.

Desta feita vamos ter um BBB com gente mais nova, com pessoas que tem certa vivência da net, segundo meu filho me disse, até porque parece conhecer alguns do que lá vão estar. Melhor que seja assim porque vamos ter uma edição com gente descolada, ligada na modernidade, sabedora do trabalho que se desenvolve na área.

O certo é que este BBB pode ser um barril de pólvora com a juventude de alguns que vão certamente movimentar tudo. Daqui vamos acompanhar e ver até onde vai a coisa toda. Torço para que sejam resgatados valores e conceitos abandonados no início e que deram o tom do que hoje é o programa mais esperado da TV brasileira. Vamos estar juntos mais uma vez. Meu abraço!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

CHOCANDO NO FIM DE ANO


Eu queria da um choque no pessoal com uma mensagem bem chamativa, original, contundente, diferente, capaz de atrair a atenção de todos. Eu queria ser original, tentando mostrar que sou capaz de ser muito intenso, grave, até espalhafatoso no meu desejo de felicidades no fim do ano. Queria, a como eu queria...

Eu queria ser capaz de escrever e com isso alavancar sentimentos profundos de esperança, fé e até certeza de que tudo que pensamos e sonhamos é possível. Ah...como eu queria...

Queria ainda dizer de maneira insofismável, cabal, que o melhor de nossas vidas está por vir, vai acontecer, que ninguém tenha dúvidas disso e que todos fossem capazes de acreditar com a certeza e a força de seu querer. Queria mesmo...

Eu queria ter a capacidade escrever e arregimentar uma legião capaz de sentir e espalhar a boa nova de que Jesus é a nossa luz, que ele pode capturar nossas preces e transformá-las em realidade. Eu queria muito!

Eu queria que cada um daqueles que tenham a oportunidade de ler essas linhas mal entaboladas, sentissem a vontade que tenho de que uma onda de felicidade invada todos os corações e transforme o mundo, mas principalmente as pessoas, para que cada um se conscientize de que viver é tão simples e ser feliz mais ainda.

Eu já não queria, mas quero que tudo isso se materialize e que você possa sentir que tudo pode ser diferente. Basta acreditar no amor, basta ter fé. Quando a gente quer, acontece, com as bençãos divinas!!!

Feliz Natal e um Ano Novo mais feliz ainda!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

BONINHO DESAUTORIZA UOL


A Uol fez matéria dizendo que os 16 futuros participantes do BBB já estão escolhidos, depois de passarem por um processo rigoroso de seleção e que Boninho só iria anunciar seus nomes em janeiro. O Diretor, através de seu twitter negou o fato e apenas confirmou que no dia 6 de janeiro divulgará os nomes.

É natural que já aconteçam inúmeras especulações em torno do assunto, até por causa da calmaria que reina em matéria de notícias televisivas. O BBB é um prato cheio e como sempre está envolto numa cortina de fumaça, quem está de fora dos meios globais pouco fica sabendo e notícias desencontradas e sem fundamento acabam sendo divulgadas.

O certo é que Boninho andou divulgando que pretende um grupo mais jovem, sem pretensões artísticas. “Quanto mais porra louca melhor”, teria dito ele e como forma de atrair mais curiosidade a coisa pode funcionar.

Os mistérios do BBB são sempre alvo da mídia e é natural que os aficcionados pelo programa estejam curiosos com as possibilidades existentes. À partir de agora isso vai acontecer com mais intensidade e brevemente em todas as esquinas o assunto voltará a ser o programa.

Uma nova temporada começa e vou estar daqui atento mais uma vez a um assunto que desperta a galera. Vamos com tudo!!!

domingo, 13 de novembro de 2011

O VERDADEIRO E AUTÊNTICO CURUMIM DA TV TUPI



Aí está Ricardo Peres, o "Curumim" da extinta TV Tupi falando a seus amigos

E lá se vão muitos anos, mas a TV Tupi, nos idos de 1962 apresentava um pequeno quadro em sua programação, onde um garoto estilizado como um índio, incorporava a imagem do logotipo da emissora que era o Curumim. Tratava-se de Ricardo Peres, filho do ator e diretor Alberto Peres, considerado um monstro sagrado da dramaturgia, precursor das novelas que hoje tanto sucesso fazem.

Ricardo foi meu colega de colégio ao longo de muitos anos e segundo me disse, não há registros desse período por causa de um incêndio nos arquivos. O máximo que consegue é uma pequena matéria que saiu na antiga “Revista do Rádio”, guardada a sete chaves por sua mãe.

No entanto, quem viveu aquela época há de lembrar e havia até um bordão dito pelo indiozinho. Se não me engano: “Rau!...”.

Ricardo é daquelas pessoas afáveis, amigo de todos, de uma simpatia enorme e que nem mesmo o peso do tempo parece tê-lo atingido. Continua o mesmo brincalhão de sempre e ainda conserva a cara do “Curumim”, como aliás é chamado por todos até hoje.

Busquei na net algum registro e confesso que não localizei. Posso ter pesquisaod mal, porém não poderia deixar de fazer daqui a afirmação de uma época dourada e relembrar uma passagem significativa de nossa TV.

O Curumim está de pé, mais feliz do que nunca, conservando a jovialidade e a simpatia que o caracterizam. Aqui rendo minhas sinceras homenagens a uma figura antológica da TV e da minha vida nos tempos de colégio. Um amigo de primeira, um ser humano espetacular e que merece todo meu respeito.

Rau!...

domingo, 6 de novembro de 2011

COMO É FORTE A AMIZADE




O que toca o coração da gente? Taí uma pergunta que pode ter as mais estapafúrdias respostas, mas é significativo que os bons momentos que vivemos, as lembranças, a amizade sincera, desinteressada, o carinho da mão amiga são pesos fortes. Mais ainda quando já com o peso dos anos temos a chance de rever nossos colegas de infância, do curso primário, da admissão e com eles rememorar um passado que forjou nossa passagem pela vida, servindo de base para nossa caminhada, sendo a estrutura para chegarmos a algum lugar.

Eu me sinto recompensado porque já ultrapassada a barreira de meia centena de anos vividos, tenho a alegria de reencontrar volta e meia a turma de colegas de colégio com que forjei minha base de conhecimentos. Ontem, mais uma vez vivi essa experiência e posso dizer o quanto é importante rever pessoas que foram tão marcantes na vida e continuam sendo. Não tem preço rever e conviver com quem faz nosso ego inflar e estabelecer uma conexão com o passado que parece que nunca vai se desfazer, mas que solidifica o presente e o futuro.

Ao reencontrar meus colegas de colégio, do Anglo Americano nos idos de 1960 e 70, pude sentir que a vida tem um significado maior que aquele que o quotidiano nos impõe. É revigorante, salutar. Fica parecendo que estamos reiniciando a caminhada, que todos terão essa chance, que as mãos dadas, a palavra amiga, o abraço fraterno são e continuarão sendo o combustível para a jornada que ainda vamos enfrentar.

O sorriso no rosto de quem já passou por tantas agruras, as experiências compartilhadas, a lembrança daquilo que foi tão importante e nem sequer sabíamos, embalam corações que se entrelaçam num sentimento de fraternidade, amizade, irmandade.

Fico me perguntando como definir melhor as emoções que vivemos a cada vez que resolvemos marcar mais uma reunião dessas. Só posso dizer que são muitas e que a internet teve papel primordial nisso porque possibilitou essa comunhão, aliada ao ideal que tínhamos de nos rever.

Uma boa parte da turma do 5º ano primário ontém se reencontrou e posso dizer que alí ficou o marco de um compromisso de cada um com o bem viver, com histórias de vida que se encontram e se unem porque são como uma base, inquebrantável, eterna. Posso dizer que o sentimento é de que somos almãs irmãs e que ainda na eternidade estaremos todos juntos porque o destino, Deus quis e quer assim. Eu juro que só agradeço.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

ONDE VAMOS PARAR?



Show, mas o povo indiferente

Ontém assisti um pedaço de uma manifestação no “Buraco do Lume”, no centro do Rio de Janeiro em que um grupo pequeno de pessoas, regados a show com artistas desconhecidos, defendendo que seja feito o Marco regulatório das comunicações no Brasil, cujas propostas era claramente favoráveis ao pensamento do governo, do PT e dos que defendem as posições que se interessam em castrar a liberdade de imprensa, no meu modo de ver.

Quando vi um sujeito que se dizia representante dos blogs da internet defendendo o Ministro dos Esportes fiquei pasmo porque suas palavras pareciam sair de algum integrante do governo e destoava do tom combativo que sempre permeou as manifestações realizadas naquele local, em defesa do povo, da democracia, das liberdades. Para mim aquilo soava como uma piada de péssimo gosto e virei as costas, assim como a maioria das pessoas que passavam no local.

O governo mobiliza, o governo está agindo assim, tentando nas ruas fazer o povo se curvar e mostrar como “populares” suas propostas, quando vem impregnadas dos interesses que lhe convém. O pior é que não se enxerga uma oposição que saiba ir para as ruas, se manifestar, cobrar, expor as mazelas que estão acontecendo, deixando refém uma população que está sem voz, sem representação que seja capaz de representá-la combativamente.

As denúncias contra o governo estão se acumulando, fazendo cair Ministros e tudo isso se deve a uma imprensa que denuncia, que mostra tudo. E é exatamente contra isso que o governo se mobiliza, indo as ruas com seus apaniguados para tentar frear, inclusive tentando instituir uma legislação que acabe com a liberdade da imprensa, de mostrar o que realmente acontece.

O alvo maior dos manifestantes ontém era a Revista Veja, que tem sido o canal que tem demonstrado essas irregularidades. Calar a Veja seria o grande prêmio para o governo, para os Ministros, para os políticos com interesses feridos.

Onde vamos parar?

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

CANDIDATA AO BBB12


Gostei do video.Veja:

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

CERVEJAS ESPECIAIS




Um universo novo está se descortinando para quem sempre gostou de uma cervejinha mas não tinha idéia da amplitude que a bebida pode ganhar quando se tem a oportunidade de ir mais fundo, conhecendo as cervejas especiais que hoje estão se popularizando no Brasil. São sabores diferentes, com uma gama de sofisticação que agrada aos mais exigentes paladares, demonstrando que fomos “proibidos” durante muito tempo de perceber que o vinho não é tudo aquilo que imaginávamos e que a cerveja vai muito além daquele líquido sem graça que muitas fábricas colocam no mercado sem observar padrões mínimos de qualidade.

As surpresas com as cervejas são muitas e o mais interessante é que muita gente que se julga conhecedor do assunto, começa a entender que não sabe de nada ou quase nada. O que assusta é que há cervejas que chegam a custar 400 reais a garrafa, mas as artesanais brasileiras estão em média pelo valor de 10 reais e as importadas tem uma base de 25 reais a garrafa de 330 ml. No entanto, um mundo novo de sabores se descortina, proporcionando prazer e surpresa aos paladares mais refinados.

Há cervejas com gosto de banana flambada, raízes defumadas, todo tipo de frutas, compostas com chocolate, café, mel e tantas outras especiarias que fazem-nos realizar autênticas viagens na apreciação desse mundo novo.

Diferente daquilo que pensam muitos, a Alemanha fabrica cervejas, mas não as melhores. Eles tem fama mas não são tão bons na arte de formular, apesar de terem algumas poucas excelentes. Alemão sabe mesmo é beber. Nisso ninguém ganha deles, que consomem exageradamente. mas a verdadeira arte de fabricar cervejas, as melhores do mundo, está reservada a um país diminuto da Europa, também responsável pelos melhores chocolates: estou falando da Bélgica, que tem hoje aproximadamente 1 mil rótulos diferentes, com receitas milenares, cujo padrão é reconhecido mundialmente.

O Brasil já consegue fazer algumas boas cervejas em pequenas fábricas que se concentram pelo sul do país, Minas Gerais e São Paulo. No entanto, a grande dificuldade é que para se fabricar cerveja é necessário insumos importados como malte e lúpulo, que são decisivos nos sabores e isso dificulta um pouco a manutenção de padrões porque nunca se sabe a qualidade desses materiais importados, podendo haver variação constante.

Quando bebemos uma cerveja pilsen, dessas que encontramos em qualquer bar, invariavelmente estamos sendo enganados pela baixa qualidade porque na base da fórmula estamos tomando mesmo um caldo de arroz e milho, que são os cereais não maltados que temos por aqui. Além disso, inventaram um extrato de malte e de lúpulo que são usados para baratear custos e alteram de forma cavalar o sabor.

As cervejas pilsen que são as mais consumidas são a forma mais simples de baratear custos porque são pasteurizadas e não tem condições de evoluir. O processo de pasteurização é equivalente a uma mumificação. A cerveja é morta na fase fermentação, justamente quando está extraindo dos insumos o que tem de melhor. No entanto, pelas nossas condições climáticas e poder aquisitivo elas são bem apropriadas porque devem ser degustadas bem geladas e por um preço baixo.

De qualquer forma, as pilsen não servem como base para que possamos conhecer o que realmente é uma boa cerveja. Para quem quer aprender e começar uma viagem pelos sabores mais requintados, recomendo provarem as dos tipos Indian Pale Ale, Ale, Stout, assim como as que são feitas utilizando o método Champaignoise, transformando a cerveja em Champagne.

Mas se estou falando de cerveja, aqui no Brasil temos algumas pessoas que se aprofundaram no assunto. Blogs já salpicam o universo da net falando do assunto, profissões se criam para orientar apreciadores e até comerciantes e resolveram intitular “Somellier de cervejas” esse pessoal. Não concordo com isso e acho que o termo mais correto seria “Cervejólogo”. No entanto, cada um na sua.

Os preços cobrados pelas cervejas especiais são abusivos e é preciso que aconteça um movimento por parte de quem gosta para que isso se modifique. Mesmo com as taxas de importação, estão abusando muito e assim afastando quem poderia se transformar em consumidor constante.

Não vou defender marcas neste post. Não seria correto para o real objetivo que tenho que é fazer as pessoas se interessarem pelo assunto. Degustar uma cerveja especial é um prazer que deve ser provido de uma explicação anterior para que não passe batido esse momento. Para que o iniciante aproveite melhor é necessário que se informe, que saiba o que vai consumir porque as cervejas de que falo não devem ser ingeridas como se faz com as que dominam o mercado. É preciso uma preparação porque você não vai beber e sim degustar.

Este post tem o objetivo simples de chamar a atenção e orientar um pouco para algo que pode proporcionar prazer e agradar intensamente ao paladar. A cerveja especial deve ser apreciada com certo cuidado porque normalmente suas taxas de graduação alcoólica são sempre maiores. Mas cá prá nós: se for para tomar um porre, que seja com algo que justifique e que não vá lhe atirar numa dor de cabeça enorme. Ah...é bom lembrar que se for degustar uma maravilha dessas, não se deve dirigir. Voltarei ao assunto.



sábado, 20 de agosto de 2011

GRANDES AMIGOS



Marta, eu e o Tors, com o Emyr

Eis que a vida nos ensina um montão de coisas. De uma briga pela net, cheia de animosidade, acabei sendo surpreendido com a transformação disso numa amizade como poucas e esta semana reencontrei o meu prezado Tors e sua mãe Marta, em Atibaia, onde estive para agradecer uma graça alcançada no Santuário de Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

O prazer e a alegria de reencontrar essas pessoas queridas foi muito grande. Ficou claro que essa identificação amistosa é recíproca e pudemos renovar os laços que nos unem, estreitando ainda mais essa parceria que temos aqui na net e na própria vida.

Lá estive com minha mulher Marcia e com meu filho mais jovem, o Emyr, de 4 anos. O local é realmente o que se pode denominar como santuário, porque estar alí é encontrar a paz, o equilíbrio, deixando-nos revigorados porque inegavelmente é um lugar abençoado. Encontrando amigos fraternos isso se multiplica.

Este é apenas um pequeno exemplo do que esta net pode proporcionar em termos de aproximação de amigos.

Me orgulho muito pela amizade de Tors e de sua mãe Marta e reencontrá-los é sempre uma satisfação muito grande que eu não poderia deixar de registrar aqui no Teleblog.


terça-feira, 9 de agosto de 2011

DÁ-LHE MARIA NOVAMENTE!!!



Dois fatos tem marcado a semana com o envolvimento de ex-BBBs: o episódio envolvendo Maria Melillo, que não quis que alguns colegas de confinamento (inclusive Maumau) na van que estava, dirigindo-se a um evento em Barretos e a posição de Jean Willys, hoje Deputado Federal, renegando sua participação no programa.

A questão da Maria é clara, é insofismável porque foi sempre alvo de críticas de seus companheiros de BBB, com honrosas excessões, o que a afasta inexoravelmente deles, inclusive quanto aos interesses atuais. Ninguém pode viver debaixo de críticas e ter que se render a quem as faz.

Maria não errou, não fez nada demais e tem posição confortável para rejeitar proximidade com pessoas que não significam nada. Creio que acertou em cheio ao criar o problema e deixar bem claro qual é o lugar de quem só lhe discriminou o tempo inteiro. Da mesma forma a apresentadora Gigi Monteiro, cuja presença também foi rechaçada no episódio e que provocou inúmeros comentários na mídia.

Maria Melillo com sua atitude alcançou junto a seu público mais respeito do que já tinha por sua posição destemida e clara de afastar-se de quem só a destratou e pisou durante o BBB. Maria, a grande Maria do BBB 11, se fortalece ainda mais com seu gesto destemido, pouco se lixando para as reações que causou, o que foi retratado no twitter de Maumau como atitude “escrota”. Mas o que pensar das atitudes dele com Maria ao longo do tempo?

Por outro lado, Jean Willys, o Deputado Federal que se notabilizou por ter participado do BBB, do qual foi ganhador, rejeita o rótulo de “ex-BBB” e vai ao ápice ao afirmar que já “faz parte da história” por ser legislador. Porra, tantos pilantras já foram legisladores e ainda são e o que tem uma coisa com a outra?

Jean Willys não pode esquecer do passado e achar que vai se livrar disso, até porque em nada desmerece sua condição humana, intelectual, etc. Creio que isso sim é um dado suficiente para perda de crédito junto ao público. Negar aquilo que o consagrou e achar que isso é demérito na formação da opinião pública é algo que me provoca sentimentos desprezíveis. Foi por isso que torci por Grazi Massafera.

O BBB volta ao noticiário porque seus protagonistas sempre conseguem provocar situações que despertam o público e causam reações.

Maria se afirma e Jean...


quarta-feira, 3 de agosto de 2011

A FAZENDA DE MAL A PIOR


Realmente é difícil assistir “A Fazenda”. O programa não consegue emplacar, não empolga e a fórmula parece não render nada para prender o público, além de não haver opções de um ppv como acontece com o BBB. As limitações de acompanhamento são um fator preponderante para que o desinteresse se instale e os níveis de audiência não se mantenham.

Afora tudo isso, vem ainda uma dose extra de censura e de edições equivocadas que preferem não mostrar fatos que interessam, distanciando o público da realidade do que lá acontece. Nem mesma a produção esmerada consegue suprir aquilo que é o fator principal para fixar o telespectador que é manter o fóco nas questões mais interessantes.

Fica uma situação idêntica a das novelas: fora a Globo, o resto é brincadeira. Não há mesmo como se entusiasmar com um programa com tantas restrições. Explica-se assim o sucesso do BBB e mesmo com as quedas de audiência que tem sofrido, sua manutenção como atração e o entusiasmo de um público cativo.

Lí hoje uma notícia dando conta de que a queda vertiginosa de audiência do reality da Record acendeu a luz vermelha na emissora. O nível está bem baixo mesmo e a forma como estão conduzindo isso vai levá-lo a um fracasso retumbante, perigando nem continuarem com a possibilidade da quinta edição.

sábado, 23 de julho de 2011

O EXEMPLO DE AMY


A morte de Amy aos 27 anos suscita inúmeras reflexões das pessoas que alardeiam principalmente que um talento não deve se apagar com essa idade. Outro diz que a sociedade não é capaz de alcançar a magnitude de um artista com esse perfil porque vai muito além dos padrões e seus gestos e atitudes são inalcançáveis e inexplicáveis.

O que entendo é que cada um escolhe seu rumo na vida. Acima da média ou não, cumpre ser feliz, atingir seus objetivos sem prejudicar seus semelhantes. Temos que ser úteis acima de tudo porque vivemos em sociedade e infelizmente somos passíveis de julgamentos, muitas vezes equivocados.

A mídia constrói os mitos, investe nisso, sobrevive disso. É impiedosa sempre e sistemáticamente erra, mas em um ou outro caso acerta. De uma forma ou de outra, todos acabam se transformando em vítimas dela.

Amy fez suas escolhas e estava pré-determinada pelo que vimos. De nada adiantou as restrições que lhe foram feitas. Ela burlou todas e estava em sua índole buscar seu destino a qualquer custo, sem interessar os resultados.

Não me cabe julgar mas ela deixa um vazio e uma lacuna. Sua carreira foi curta, porém marcante. Seu exemplo não foi nada edificante, porém seu talento, incomparável. Junta-se a outros tantos com o mesmo estigma e para mim deixa um exemplo claro e insofismável: droga é uma merda!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

DÁ LOGO A GRANA PRÁ MONIQUE



A nova edição da Fazenda, que começou ontém, me pareceu muito bem cuidada em termos de edição, produção e tudo mais, seguindo o estilo que já tinha se consagrado anteriormente, mas falta algo que nem mesmo com outro elenco seria possível: motivação do público. Os participantes parecem não conseguir empolgar quem assiste e isso acaba se tornando um problema.

Na votação para a escolha de qual das três primeiras eliminadas nas edições anteriores poderá ficar agora, Monique Evans dá banho e acredito que ninguém tenha mais empatia com o público do que ela, diante de um quadro de sub-celebridades tão esquisito.

Na minha opinião essa grana (2 milhões) podia ser logo entregue prá “titia” e a Record aproveitaria o tempo ganho para procurar algo melhor prá fazer.

No mais, acho engraçado que de repente tenham surgido pelas redações das mais diversas mídias tantos “especialistas” de reality shows que montaram blogs e saem por aí posando de grandes “especialistas” do assunto que é até piada. A maioria não manja nada e posa de mais importante que tudo. É prá rir mesmo.

Graças a Deus eu não entendo de nada disso e sou um mero espectador que passo minhas impressões e fomento as discussões. Acompanho o que posso e vou apenas dizendo aquilo que penso, mas não que isso me torne um “especialista”.

Na realidade, a tal da Fazenda pode até me provocar a fazer alguns posts aqui, mas nunca com a assiduidade de um BBB. Meu interesse é apenas de oferecer a quem acompanhar a chance de dizer também o que pensa.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

VOCÊ, VOCÊ, VOCÊ...


O Pânico na TV tem sido alvo de processos judiciais que implicam em pagamento de indenizações por força das ações estapafúrdias que seus integrantes imprimem para alcançar audiência. Em virtude disso, já há algum tempo o programa está investindo em situações criadas por seus próprios integrantes, sempre com prévia combinação, visando prender o público e evitando o pagamento de indenizações.

Até no namoro de um tal Thiego, auxiliar de produção foi feito investimento e a coisa vem se arrastando para manter os índices de audiência.

Agora inventaram uma briga pública entre duas panicats, o que vai gerar algumas semanas de rocambolescas situações, inclusive com repercussão na mídia para tentar dar mais autenticidade ao caso.

A fórmula é antiga e só cai quem não tem mesmo capacidade para pensar um poquinho, mas isso também não desmerece de tal forma o programa porque sua base é o humor e como tal, cai quem quiser.

O Pânico já se consagrou no rádio e na TV também, merecendo uma produção mais esmerada e situações mais trabalhadas, mesmo que alguém venha a dizer que isso vai descaracterizar a atração.

De qualquer forma acredite quem quiser que Juju e Nicole estão brigando. E você?

Você, você, você, você quer...

terça-feira, 28 de junho de 2011

O TORS E AS CERVEJAS




E essa minha predileção por cervejas especiais parece que acabou motivando meu amigo Tors. Eis aí a prova de que triglicerídeos a parte, Tors (a lenda da net) também quedou-se pelas belgas e até por uma nacional que está surgindo, porém de qualidade. E o começo dele nesse mundo foi mesmo auspicioso porque pela quantidade e pela graduação alcoolica desse tipo de cerveja não deve ter sido fácil posar para essa foto. kkkkkkkkkkk

quarta-feira, 1 de junho de 2011

A MORTE DO COWBOY


Eu não vou fazer considerações a respeito do assassinato do André Cowboy, do BBB9, no sítio onde vivia, na cidade de Alumínio, em SP, até porque isso compete a polícia, mas a gente percebe que a busca desses jovens pela fama, pela notoriedade, pode gerar em outras pessoas a falsa impressão de sucesso e de ganhos muito altos, gerando situações compatíveis com essa.

André teve pouco tempo para se expor no BBB e ficou por lá pouco mais de uma semana, mas era muito requisitado para eventos em seu estado e chegou a fazer filme pornô como forma de amealhar alguns trocados a mais.

Nota-se entre os ex-BBBs uma enorme tristeza, dando a entender que ele era muito bem quisto por todos e conseguiu cativar boa parte dos que ainda conseguem espaços na mídia, conforme se pode verificar pela manifestação de vários que lamentam o acontecido pela imprensa.

Ser um ex-BBB hoje já está se tornando algo que vai ultrapassando o limite do folclórico para beirar a uma ocupação, tendo em vista as inúmeras apresentações que fazem, ganhando cachês e alguns quase sobrevivendo com isso. Desta forma, pela facilidade de contato com o público, passam a ser muito visados e geram a impressão de que estão em boa situação.

O caso do André parece caminhar para o desfecho de um crime praticado por alguém que queria roubá-lo, aproveitando-se da quietude de um lugar pacato como era o que o Cowboy vivia.

Viver num sítio hoje, em qualquer lugar do país, passou a ser um transtorno porque ficar distante de tudo é uma forma de permitir que ladrões abusem da falta de segurança e fiquem a vontade para praticar saques sem serem incomodados e chegando até mesmo a poder matar despreocupadamente uma pessoa, fugindo em seguida calmamente.

A morte do André precisa ser esclarecida rapidamente pela Polícia, que tem a obrigação de dar uma resposta à sociedade, que não suporta mais viver sobressaltada, até mesmo num lugar calmo como um sítio, numa cidade pequena.

Que Deus proteja sua alma e a família deste jovem, levado pela violência desse país!

quinta-feira, 19 de maio de 2011

VEJA E TENHA ORGULHO




Vou pedir perdão mais uma vez aos leitores do Teleblog por sair um pouco dos assuntos que são comuns por aqui. No entanto, o que a Professora Amanda Gurgel, lá do Rio Grande do Norte, alegou em audiência pública, calando Deputados e várias outras autoridades, deveria ser visto no Brasil inteiro porque a realidade dela não é diferente da que existe em nenhum outro lugar desse país.

Essa professora deveria receber as mais altas honrarias por seu gesto destemido. Calou a boca daqueles que acham que o Brasil deve ter paciência na educação. Mostrou o que é real, apontou a disparidade que existe em vários níveis e impediu que algo lhe fosse dito para contrariar sua fala porque seus argumentos são irrefutáveis.

Amanda Gurgel deveria estar ocupando algum cargo na política, no lugar de algum desses que compram mandatos. Garanto que o Rio GRande do Norte teria orgulho de ter uma representante como ela em qualquer casa legislativa ou até mesmo no Poder Executivo.

terça-feira, 10 de maio de 2011

PRIVILÉGIOS DE EX-BBB


É preciso haver um pouco de moderação no comportamento de alguns dos ex-participantes do BBB, que tem extrapolado e ultrapassado limites na busca de privilégios nos mais diversos setores da vida. Alguns deles parecem viver em outro mundo e acham que o fato de terem participado do programa lhes concede benefícios que vão além do normal, desrespeitando o direito alheio e querendo gozar de privilégios inconcebíveis.

Não vou citar nomes para não ser acusado de estar contra A ou B, mas os fatos estão aí, na mídia, e não há nenhum motivo para que esse comportamento seja a premissa utilizada por alguns desses ex-participantes para conseguir seus objetivos.

Sempre defendi daqui que eles devem faturar tudo que puderem, aproveitando as chances que surjem, que tem um prazo determinado, mas não dá para ficar alheio a esse tipo de procedimento que alguns infelizes acham que devem ter. Ex-BBB não é nada além de uma pessoa que teve uma chance de estar na mídia, aparecer para o público e conquistá-lo ou não. Não vem junto um dip[loma ou uma carteira que lhes conceda benefícios diante das demais pessoas.

Geralmente o comportamento em causa é inerente a quem saiu da casa com o amargor da derrota. Digo isso com tristeza porque essas pessoas deveriam aqui fora adotar comportamento diferenciado a fim de provarem que podiam ter tido melhor sorte.

Mas o BBB é implacável. Tanto lá dentro quanto aqui fora. Aliás, aqui fora talvez ele seja pior porque expõe de forma nua e crua a verdade que alguns tentam esconder lá dentro.

Assim, essa rapaziada deve pensar muito em suas atitudes, seu comportamento. Ex-BBB não é título, mas para o público é uma forma de cobrança eterna. Quem se expôs, quem buscou isso, quem ainda pretende permanecer na mídia, faturando algum, certamente tem que pensar muito antes de exigir benefícios e privilégios. Isto pode determinar o fim das perspectivas de alguma transitoriedade para o sucesso.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

CARNE, BIFE, PELE, AREZZO, UFA...




Com a enorme campanha que se instalou no twitter contra a Arezzo, que cismou de lançar uma coleção utilizando pele de raposa e de coelho, além de ovelhas, fiquei meio envergonhado por gostar tanto de comer um belo bife, da mesma forma como sou apaixonado por carne de cordeiro.

Sou politicamente incorreto?; o que será que fazem com a pele do gado que vai para os açougues?; o que fazem com a pele dos cordeirinhos que abastecem as prateleiras de supermercados e são oferecidas a um preço exorbitante?; da mesma forma fica a pergunta com relação aos coelhos que também habitam essas gôndolas.

Não estou partindo para a defesa de ninguém. Essa briga não é bem minha praia. Os defensores da natureza haverão até de se insurgir contra mim, mas perdão porque não vou deixar de comer meu belo bife, minhas costeletas de cordeiro.

A Arezzo deve estar em polvorosa com a reação surgida contra sua campanha de lançamento dos produtos que utilizam peles.

Mas cá prá nós que estou com uma pulga atrás da orelha com relação a todo esse movimento: quem deu o primeiro passo?; quem reagiu primeiro?; quem gritou?

Discutia-se ontém a possibilidade de que alguém que estaria interessado no lançamento da campanha e iria faturar a publicidade disso poderia ter sido colocado para fora e amargou o prejuízo, resolvendo colocar a boca no trombone. Será?!... Não deixa de ser uma possibilidade.

O certo é que a empresa está chamuscada com a repercussão de seu lançamento, hoje já fora do site, com os produtos retirados abruptamente das lojas. Brigar contra amantes da natureza não é fácil. Ainda mais nessa época de aquecimento global, desastres nucleares, ameaças de extermínio da humanidade em 2012.

Parece até que os sobreviventes da matança de ovelhas, raposas e coelhos se juntaram e estão agora na porta das lojas da Arezzo, acompanhados de um monte de caras pintadas com plaquinhas fazendo agitação.

Por outro lado os discursos inflamados de quem prefere usar tênis aumenta a barulheira infernal que está se formando. Do outro lado, Madames empertigadas, com escarpins salto 13, chapelões e jóias caríssimas montam vígilia para ver se sobra alguma bolsinha peluda para arrematarem, tão logo baixe a poeira.

Já ligaram para o Batalhão Florestal e avisaram que vai chegar um grupo que vai investigar a origem das peles. A perícia já foi chamada também e um hipie ao estilo anos 60 anda de uma lado para outro nas ruas:

-Precisamos salvar os animais!!! Paz e amor!!!

Porra, a coisa tá pegando. O açougueiro da esquina está preocupado. Está sentindo um gosto amargo na boca. Os ativistas podem querer exigir que seja p[roibido o consumo de carnes e aí a coisa vai ficar feia mesmo.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

BBB12 JÁ VEM COM TUDO


Mal acabou um e já estão abertas as inscrições para outro. Em um dia foram mais de 10 mil inscrições, demonstrando que o BBB não está acabado e que ainda há esperança de que no próximo possa haver uma escolha de participantes mais bem cuidada. A fórmula ainda não se esgotou e querendo os críticos ou não, trata-se do programa de maior apelo e audiência na TV brasileira.

O BBB11, de todos foi o que apresentou mais falhas, demonstrando um certo despreparo da equipe de produção. Provas que falhavam e deixavam o apresentador em má situação, muita enrolação, mas notando-se um cuidado maior por parte da direção para não permitir o marasmo que é comum em determinadas fases. Boninho deve ter enlouquecido para fazer tudo funcionar.

O certo é que os erros são importantes para que sejam evitados num próximo e temo que a idéia da Casa de Vidro seja reaproveitada nos mesmos moldes. Participante que saiu não deve voltar. Saiu, acabou. É a vontade do público que deve ser respeitada, sob pena de todos terem o direito de entender que regras não foram feitas para serem cumpridas.

Do BBB11 parece que Maria, Daniel, Wesley, Diana, Natália e Paulinha são os nomes que ainda vão permanecer. Pelo menos é o que temos notado na mídia. Os demais vão ficando para trás como meros figurantes.

Portanto, estão novamente abertas as portas para quem ache que tem condições de passar três meses confinado na casa e queira alcançar um prêmio milionário. Vamos ver quem vai botar a cara no vento desta vez.

terça-feira, 12 de abril de 2011

PAULO VILHENA CUSPIU EM TODO MUNDO


Eu vejo críticas enormes que são feitas aos participantes do BBB e confesso que algumas vão além da conta, feitas no calor do desenrolar do programa, fruto de visões tendenciosas que buscam sempre favorecer este ou aquele participante. No entanto, somos forçados a entender que os criticados são pessoas normais, sem maiores conhecimentos do que é a TV, da exposição a que se submetem e os erros que cometem.

Mas quando vejo um ator consagrado como Paulo Vilhena dar uma cusparada no rosto de um repórter do CQC, sem nenhuma justificativa, fugindo em seguida acovardado para não receber o revide e possivelmente envergonhado pela atitude mais sem noção que já teve, sinto revolta de ter que ligar minha TV e assistir este ator trabalhando.

A bem da verdade nunca achei que este ator fosse talentoso ao ponto de merecer um papel em qualquer trabalho na TV Globo. Considero-o sofrível a ponto de poder afirmar que não gastaria um centavo para ver qualquer coisa em que ele figurasse.

Hoje, após sua atitude desmedida de cuspir no rosto do Rafael Cortez, que em momento algum o ofendeu, criticou ou esboçou qualquer gesto que pudesse justificar essa atitude, creio que esse rapaz acabou revelando sua índole perversa e capaz de merecer o ostracismo definitivo.

Não conheço alguém que possa aprovar a atitude de Paulo Vilhena. A novela em que conseguiu um papel já vem claudicando em matéria de audiência e confesso que aqui em casa não terá mais ninguém para acompanhá-la, em que pese os demais artistas que a integram e que nada tem com o acontecido.

Um indivíduo capaz de um gesto de tal natureza não pode permanecer na TV, agredindo a quem assiste. No mínimo a emissora que o contratou deveria promover seu afastamento imediato como forma de respeito ao público brasileiro que não está aqui para acompanhar gestos tresloucados.

A cusparada de Paulo Vilhena não foi sómente no Rafael Cortez. Ela atingiu cada um daqueles que tem na Televisão um de seus poucos fatores de entretenimento. Sua escarrada homérica há de ficar marcada como o ocaso de um infeliz ator que não soube lidar com um mínimo de notoriedade.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

O BBB E SEUS FÃS


Hoje no twitter acabei constatando que a tentativa das pessoas de se comunicarem com os participantes do BBB11 pela rede ainda é algo significativo e algumas pessoas insistem sem obter resposta, causando frustração e tristeza. Fui tocar no assunto e várias respostas vieram sobre o assunto.

Com a saída desse povo da casa, suas vidas se transformaram num deslumbre. Os momentos que estão vivendo não são lá muito compatíveis com a permanência na net para dar atenção a todo mundo e fica muito difícil para quem conseguiu aproximadamente 20 mil seguidores responder a todos.

O sentimento de que não está recebendo a atenção devida depois de tanta dedicação é o que mais se pode comprovar nessas pessoas que emprestaram seu tempo a acompanhar o programa e torcer por este ou aquele BBB. Aguardam uma palavra, uma resposta, um oi. Foi isso que a net provocou e o twitter ainda mais.

Existem os felizardos que receberam resposta, conseguiram até ser seguidos por quem tanto torceram, mas são pouquíssimos.

Na verdade, quem participou de BBB está agora numa batalha feroz para conseguir contratos, ganhar algum dinheiro, buscar assessoria que lhes favoreça, uma verdadeira guerra. São muitos e as chances são poucas. A guerra é para aproveitar o momento, faturar em cima daquilo que mostraram na TV.

O tempo para estar diante de um computador deve ser curto e isso frustra ainda mais os fãs, aqueles que tanto se dedicaram, que se empenharam. Tudo isso é efêmero, mas como colocar isso na cabeça de quem tanto torceu?

quinta-feira, 7 de abril de 2011

INDIGNAÇÃO


Onze crianças mortas e treze outras atingidas por uma arma, dentro de uma sala de aula. Muitas perguntas ainda sem resposta, fugindo a compreensão humana os motivos que levam alguém a praticar um gesto desses. Quanta dor, quanto sofrimento.

O Brasil está de luto e o mundo de joelhos mais uma vez diante de um fato que antes ocorria nos Estados Unidos, mas agora um infeliz anormal resolveu importar e cometer com todos os requintes de crueldade, loucura.

Os mais experientes estudiosos estão sendo chamados a expor o que pensam e confesso que não consigo encontrar nas explicações nada que justifique tamanha barbárie. Algo assim não se explica, não podendo ser analisado de forma acadêmica simplesmente. Vai muito além do que estamos ouvindo por aí.

Acabei de assistir a um vídeo no youtube que mostra o momento em que os policiais chegam na escola e os gritos desesperados, assim como a debandada dos alunos que conseguiram fugir do louco, incluindo-se os feridos que ficaram jogados pela calçada aguardando atendimento e socorro. Parece um filme de terror, algo que um ser humano normal não aceita, não entende, se revolta.

O mundo atual passa por uma crise e algumas pessoas não estão preparadas para a vida em sociedade. Os valores estão deturpados, não se assemelham a educação que os pais tentam repassar. Cada um cria sua idéia de viver e os que tem desvios, acabam enveredando por caminhos tortuosos, até porque numa sociedade livre isso fica mais fácil e garantido.

É lógico que tudo que aconteceu hoje foi premeditado, urdido, inclusive com a aquisição do material necessário. Estava tudo previsto e o fim trágico foi pré-determinado.

Não digo que seja o caso, até porque na mente do monstro nada que não seja de sua conveniência é aceito. Mas resta a prova de que precisamos investir profundamente na educação. O país precisa ficar atento a isso, sem que os mandatários reajam tanto quando a justiça estabelece que o padrão de salários de um educador tem que ser algo digno, da mesma forma como de um policial, de um bombeiro, do pessoal da saúde.

A educação é a base de tudo e a saída para que as mazelas da sociedade comecem a ser combatidas.

Imagino a dor desses familiares pela perda de suas crianças. Não há como avaliar um momento desses. O golpe recebido por cada pai e mãe atinge nossas almas de forma incomensurável. Cada um de nós se sente um pouco pai e um pouco mãe dessas crianças mortas e feridas. Esse maníaco esbofeteou todo nosso país, solapou nossos lares, jogou sobre todos um manto negro do luto pela vergonha de seu ato, que repercute no mundo inteiro.

Precisamos estar mais atentos a casos como este, em que um doente permaneceu livre para arquitetar tamanha monstruosidade, sem ser admoestado.

INSEGURANÇA


A falsa sensação de segurança imposta pela propaganda após a invasão do Complexo do Alemão no Rio de Janeiro acabou por encobrir as falhas e o despreparo da Polícia do Rio de Janeiro no enfrentamento da criminalidade e serviu apenas como episódio capaz de motivar a população a apoiar o governo.

Essa mesma Polícia é a que ontém, através de um Delegado informava numa reportagem ter mêdo de passar na Linha Vermelha após determinado horário, preferindo tomar outros caminhos para chegar em casa. E o pior: a investigação dos ataques de bandidos na Linha Vermelha a quem passa por alí estava a cargo desse policial.

Também é essa Polícia que não tem meios suficientes para enfrentar o crime, dependendo das Forças Armadas para ocupar uma favela. O Complexo do Alemão é um exemplo claro dessa situação e está nas mãos do Exército, Marinha e Aeronáutica a segurança de seus moradores porque o Estado do Rio de Janeiro não tem pessoal suficiente para isso.

Também é essa Segurança Pública que contrata um indivíduo sem nenhum critério, só porque afirmou ser militar e coloca-o como responsável por setores estratégicos, inclusive de treinamento de tropas e coordenando ações importantes.

É numa cidade assim que um indivíduo entra numa Escola e mata crianças, sem nem mesmo ser abordado por alguém, principalmente se levarmos em conta que a localização da escola é numa área de alta incidência criminal. Cada uma daquelas crianças era como um filho que estamos perdendo para a sanha de criminosos doentios que hoje assolam por aí.

Também é numa cidade assim que as pessoas tem que viver, trabalhar, sem saber se vão conseguir voltar para casa incólumes.

Que cidade resiste a isso?; Como pode a arrecadação bater recordes de tributos e os investimentos não chegarem a Segurança?;

A conclusão é de que estamos entregues a própria sorte, em que pese termos policiais de excelente qualidade, com formação apropriada e com capacidade de liderar o combate ao crime. Mas o Governo prefere que tais homens fiquem longe do comando. Eles não rezam na cartilha de quem está mandando e o povo paga o preço disso.

O que dizer diante de tamanhas aberrações?; somos reconhecidos apenas como eleitores, que são úteis em um determinado momento, de quatro em quatro anos. Afora esse fato, temos que lidar com um Estado que hoje enriquece com o instinto de arecadar mais e mais, sem fazer os investimentos que precisamos para nos livrar de acontecimentos nefandos como os que hoje acordaram o Brasil.

Até quando?; Qual a desculpa que vão dar agora?; Quem fará o primeiro discurso em defesa daquilo que não tem defesa?; Quanto ainda vai custar até que possamos voltar a sair sem o temor que nos invade?; Nossos filhos continuarão entregues a própria sorte sem poder nem mesmo frequentar uma sala de aula?

Aqui as medidas só são tomadas depois da porta arrombada e normalmente são ineficazes porque não investem no que é certo. É mais cômodo empurrar com a barriga e dar uma desculpa qualquer.

S.O.S.!!!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

ROTINA


E finalmente estamos voltando a rotina, sem BBB para acompanhar, mas tendo um país mergulhado em problemas, de onde só nós mesmos podemos retirá-lo. E o mais engraçado é que isso é possível mediante o uso de algo que no BBB fazemos costumeiramente: o voto.

Mal saímos de uma eleição e já estamos a caminho de outra, quando vamos discutir os problemas de nossas comunidades, quando vamos ter a oportunidade de fazer escolhas das quais possívelmente estaremos nos arrependendo se não agirmos conscientemente e com extrema convicção.

Será que o próprio Big Brother não poderá servir como parâmetro para que não sejamos enganados, como sempre acontece?; Pertinho do fim, deu para perceber que a maioria esmagadora deu uma guinada para fazer uma escolha mais coerente.

Tal qual no BBB, espero que possamos não estar sujeitos a ter que mudar em cima da hora, desde que nossas escolhas sejam firmes, determinadas, calcadas em fatos e fundamentos que não nos leve ao arrependimento.

Eleição municipal é muito mais aguerrida, muitos mais motivadora, envolvente, porque os candidatos são sempre bem mais próximos do que em outra fase, quando temos que escolher Deputados, Senadores, Governadores e Presidente. Mas também é mais perigosa porque somos facilmente enganados, acreditando muito e sendo enganados quase sempre.

Vereador e Prefeito é quem pode tirar a lama das ruas, o lixo acumulado, a luz apagada,
atacando a desordem urbana que não permite que possamos andar nas calçadas repletas de ambulantes (que nem ambulantes são porque montam verdadeiras bancas). São eles que cuidam da saúde e da educação em suas cidades. Já imaginou o quanto isso é importante?

Pois é bom que possamos entender que mobilização mesmo deve ser feita nessa hora. Estamos bem próximos e já é hora de começar a pensar nisso e quem poderão ser os escolhidos, senão o arrependimento será grande.

O que importa é que as pessoas se interessem por isso, discutam, debatam e concluam da importância que isso tem para cada um.

DEPOIS DO BBB


Li algumas divagações sobre as atividades possíveis para que os participantes do BBB11 possam desenvolver agora que deixaram a casa e o programa terminou. Algumas são interessantes. Que tal?
Maria - substitui Sandy no comercial da Devassa;
Daniel - Vai estrelar comercial das sardinhas Coqueiro;
Diana - Doublê no próximo filme da Xuxa;
Wesley - Vai protagonizar o filme de Johny Bravo;
Rodrigão - Vai ser o astro de um filme encarnando Kadu Parga;
Paulinha - Contratada exclusiva da Plus Vita;
Talula- Divulgadora da dupla Zezé di Camargo & Luciano;
Igor - Abre um site para ensinar como não fazer sucesso, tá ligado?!...
Lucival- Vai abrir em Salvador um abrigo para rapazes desamparados;
Cristiano - Vai apresentar um programa ensinando como lidar com gorduras;
Jaqueline- Volta a dançar com Tchakabum;
Michelly - Funda uma banda com Tina só de bater pratos;
Adriana- Está tendo aulas para aprender a língua dos sinais;
Diogo- Prepara discursos para ser candidato em Salvador;
Ariadna- Está na Europa procurando o pinto para reimplante;
Rodrigo- Procura uma vaga na Record para ir para A Fazenda;
Janaina- Está procurando outra Escola de Samba. A X-9 não aguenta mais tanta felicidade;
Natália- Está investigando porque Maumau voltou depois de tê-lo expulsado;
Maumau-Elabora um plano para derrubar todo mundo aqui fora, tudo com nobreza.

terça-feira, 5 de abril de 2011

NA CHUVA, NA FAZENDA, O COURO VAI COMER


01. Bruna Surfistinha – Escritora e ex-garota de programa
02. Cristina Mortágua – Modelo e Mãe de Família
03. Clarah Averbuck – Escritora e participante do reality ‘Troca de Família’
04. Valesca Popozuda – Cantora e compositora
05. Thammy Miranda – Cantora e Dançarina (filha da Gretchen)
06. Ronaldo Ésper – Apresentador e Estilista
07. Léo Santana – Cantor do grupo Parangolé
08. Everson Silva – Interprete do palhaço Tirulipa (filho de Tiririca)
09. Felipe Folgosi – Ator
10. Ivo Neuman – Blogueiro (Blog Treta)
11. Túlio Maravilha– Jogador de Futebol
12. Sthefany Cross Fox – Cantora e Compositora
13. Sergio Hondjakoff – Ator que interpretou o personagem Cabeção em Malhação
14. Luiza Mel – Apresentadora e Atriz
Roberta Close – Modelo

Esse time vai compor A Fazenda, que à partir de julho vai movimentar a TV e os amantes de reality shows. Confesso que me seduz a idéia de acompanhar para ver onde isso vai parar. Figuras públicas, exalando vaidade, capazes de tudo para manter a imagem e conquistar mais notoriedade.

Posso avaliar que a possibilidade de desavenças com o andar da carruagem é bastante significativo. Tudo porque ninguém vai querer ceder espaços, deixando brechas para ter sua porção celebridade sendo desfeita.

Paralelamente o material é farto e rico para análises de personalidades, egos em ebulição. Efetivamente será uma chance de ver quem tem garrafas vazias para vender nesse elenco.

Vamos ver no que vai dar isso.

Obs.:Não sei se esta lista tem confirmação da Record, mas já ouvi rumores de que alguns desses nomes estão. Se não se confirmar, o certo é que seria interessante ver essa gente se engalfinhando.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

EM BUSCA DA FELICIDADE



Eu ainda não consegui alcançar a amplitude verdadeira da pergunta que as pessoas martelam tanto: “Maria foi ou não garota de programa?”. Confesso que essa questão já virou algo tão absurdo que fica parecendo que a resposta vai mudar os rumos do mundo. Será que se Maria tivesse realmente tido esse passado não teria aparecido alguém para acusar, responder, apontar?

É relevante que em outros assuntos a própria mídia faça surgir elementos comprobatórios, mas no caso da Maria e a grande dúvida que permeia as cabecinhas que querem contestar seus méritos ainda não tenham conseguido achar uma pessoa que venha acusá-la. Até agora o que existem são os filmes da Dream Cam, nada mais. Isso não prova absolutamente nada. Mas e se vier a prova?

Mas vamos além: se fosse, isso iria tirar 1,5 milhão de sua conta? Piada.

O que permeia o imaginário das pessoas pode levar a erros enormes. Eu acredito que a impertinência de atacar Maria com esse tipo de questionamento é algo de tal forma absurdo e invasivo que se assemelha aos julgamentos da inquisição. A vontade é de promover o escárnio de alguém que ousou desafiar os padrões de uma sociedade cheia de mazelas e falsa, e mostrar que qualquer um pode revelar seu lado doce, meigo e apaixonado e conquistar com ternura a admiração coletiva.

Que Maria os inquisidores queriam? Uma puta destrambelhada, barraqueira, sem freio, babando e se rasgando no meio da rua? Pois tiveram uma pessoa normal, com sinceridade de sentimentos, com suas dúvidas e aflições, aliás, as mesmas que permeiam o quarto de adolescentes da alta sociedade que vive encoberta sob o manto hipócrita de grilhões impostos por uma ética que acaba propiciando grandes escândalos. Exemplos não faltam.

Parecem querer imolar Maria porque é uma mulher linda e levou seu exibicionismo ao extremo. Quem mais ataca Maria pode não estar em condições de levantar qualquer bandeira moralista. O espelho é sempre um inimigo feroz, revelador, mostrando as rugas de quem tanto aponta o dedo. Ou não é?!...

Estou me insurgindo contra esse preconceito absurdo porque o BBB este ano acabou por investir na diversidade e vejam bem os quatro finalistas escolhidos. Façam uma análise de cada um e concluam. Afinal porque só Maria é a julgada, porque só ela merece estar sendo execrada?

Mas é preciso ir um pouco além. Quem são essas pessoas que exigem tanto essas explicações?; Qual o passado delas?; De onde saíram?; Qual sua base familiar?; A quem estão servindo?

Dhomini, o maior BBB da história, foi enfático: “o preconceito é o maior problema de todos. Vença ele e aproveite o máximo que você poderá dobrar o que ganhou em um ano”.

Por fim eu acho que estão querendo que Maria devolva o dinheiro que ganhou e diga que não mereceu. Só se for isso. Quanta baboseira junta.

Agora, não adianta chorar. Maria ganhou pela vontade popular, vai aproveitar sua vida, consagrada e milionária para tristeza de seus detratores, daqueles que acham que ela ganhou apenas porque era alegre, engraçada. Isso se resume na resposta que ela deu no programa do Faustão: inveja. Aliás, foi lá do Faustão que partiram os grandes ataques.

Não é fácil viver onde campeia essa inveja, o preconceito que parte de quem não tem moral, onde ser feliz é quase um crime. Pois é preciso pensar que a esmagadora maioria dos votos de Maria partiram de pessoas que queriam poder ter aquele sorriso, aquelas atitudes, aquele charme, aquele desprendimento. Tudo isso porque a sociedade castra, impede, julga e ninguém aguenta mais isso.

Maria é um pequeno exemplo de que isso é possível. Deixou sua marca e soma-se a outras pessoas que reagem contra os ditames carcomidos que ainda são impostos para que tudo seja sombrio, sem graça e proibido.

Mas não é imoral, não engorda e não fere ninguém ser feliz. Vai nessa Maria, aproveite sua vida e continue brigando e quebrando tudo para ser feliz, sem se importar com o que passou!

O ANDRE GABEH QUE TODOS QUERIAM VER


Vendo o programa A ELIMINAÇÃO no Multishow, onde a musa deste blog, Fani Pacheco, se apresentou brilhantemente durante todo o BBB, vi a figura pitoresca do Andre Gabeh, que foi um dos participantes do BBB1. Ele hoje, bem menos encucado que no passado, já não é o mesmo. Melhorou muito, está mais solto, engraçado e deu vida a um programa que podia ser bem morno se não fossem Fani e Bruno de Luca estarem também por lá, acompanhando-o. Os demais...

Andre foi junto com a Cristiane a alavanca para que o primeiro BBB acontecesse e pudesse revelar uma das maiores figuras que apareceram no programa: Leka, considerada uma autentica Rainha. Os três juntos foram marcantes e passados tantos anos ainda estão na lembrança de quem realmente gosta do BBB.

Naquela época falar em sexo era um tabu, principalmente num reality show que se propunha a mostrar gente desconhecida. Os participantes faziam o possível para ficar em cima do muro e não dar pistas que pudessem comprometer a reputação. Andre era o mais significativo deles todos e levou isso na ponta da faca.

Mas é preciso frisar que esse Andre Gabeh que hoje recebe tantos elogios, que é apontado como aspirante a ter um programa próprio no Multishow, movimentando até um abaixo-assinado para tanto no twitter, sempre se mostrou como uma pessoa crítica, principalmente consigo mesmo. Não queria revelar muito a seu respeito.

Hoje, mais solto, Andre, que canta e dá aulas de música, talvez não tenha mais as preocupações que demonstrava no BBB1 e mostrou sua veia cômica, interpretando, falando muito, com seus trejeitos característicos e dando o tom alegre que as críticas a um BBB devem conter.

Esse Andre de hoje teria evoluído muito mais no BBB que participou, ganhando muito mais projeção, mesmo tendo que enfrentar Bambam, Leka, Didi e tantos outros.

A vida é que ensina isso tudo, inclusive ao próprio Andre que não é preciso se esconder, não é preciso negar nada. As pessoas são o que são e assim devem se apresentar, assim devem se mostrar porque nada melhor que ser autêntico e verdadeiro. E o Andre que o Multishow mostrou agora é milhares de anos luz além daquele que deixou escapar oportunidades no BBB1, onde acabou servindo de escada.

Afora isso tudo, Andre demonstra ser, como antes também, alguém de quem todos querem ser amigos. No twitter alcançou enorme popularidade, onde tem público cativo e que aguarda sempre seus pitacos, repletos de vivacidade e pertinência, sem nunca deixar de ser crítico.

Ainda bem que o tempo só é ruim para quem não sabe esperar. Andre soube, esperou e parece agora alcançar um estágio de vida em que pode mostrar seu lado melhor, sem ter que discutir o que é ou o que deixa de ser.

O que vale é que este ex-BBB, jurássico e perspicaz, está agora dando aulas de como analisar um programa do qual participou e fazendo escola. Baseado em sua experiência e naquilo que acompanhou até aqui, pode ser uma base importante para quem tem aspirações a ser participante de um próximo, mas também tem condições de estar presente em outras rodas de debates, garantindo sua vaga na TV, para onde voltou e não deveria mais se afastar.

Fique por aí Andre e mostre-nos mais o seu valor.

domingo, 3 de abril de 2011

A DIANA QUE VIMOS


Alguém me pediu que falasse de Diana. E falar de Diana não é tão fácil porque ela foi responsável pela quebra de paradigmas na TV. Ela, com seu jeitinho sorrateiro, porém incisivo, conseguiu driblar o preconceito e estabelecer de forma clara que uma mulher pode gostar de outra, se relacionar com outra, sentir desejo por outra e que isso nos dias atuais já não arranca pedaços.

Diana tem um jeito, uma peculiaridade que despertou no público a vontade de carregá-la no colo. Por incrível que pareça, vejo muita gente torcendo para que Diana fique definitivamente com Natália e que as duas transformem logo a amizade num caso de amor. Está bem claro que serão aceitas e estimuladas por muita gente.

Alguém ainda poderá vir aqui e me desancar por estar dizendo aquilo que era improvável até bem pouco tempo atrás. No entanto, no aspecto do assunto sexo, este BBB11 acabou se transformando num ponto importante, porque assuntos que eram tratados com barreiras entraram pelos lares adentro, de forma adulta, sendo tratados normalmente, mesmo que com todo cuidado e observando limites que antes nem eram imagináveis.

O preconceito sempre foi o grande empecilho. O assunto é delicado mas hoje, mais do que ontém, amanhã mais do que hoje, é necessário que as pessoas passem a entender que mesmo discordando, todas as pessoas merecem respeito e suas preferências não precisam de autorização de ninguém.

Haverá quem diga que na família dos outros isso é muito “normal”, porém na nossa fica complicado. Mas quem está livre de enfrentar uma questão como essa?

Pois a Diana que apareceu no BBB, foi muito além disso tudo. Mostrou-se crítica, forte além do que se podia esperar, desajeitadas muitas vezes, mas determinada e sabendo quem é e o que quer. Jogou como gente grande, deu show, conquistou boa parcela do público e só não esteve na final porque o sentimento piegas de ver um casal em formação atingir a premiação foi maior. É o resquício das novelinhas do Boninho ainda predominando, mesmo porque comparando Diana com Wesley, no programa ela foi muitos furos além.

Imaginem só quantas outras Dianas habitam o quotidiano de todos. Elas existem e não são percebidas porque o preconceito ainda impera e impõe barreiras que estão sendo quebradas aos poucos. Ela, Diana foi um marco para que as outras Dianas possam mostrar a cara sem mêdo de serem felizes.

Eu nem tive chance de torcer por ela, porque saiu antes da fase decisiva, mas aquele olhar desafiador, o mau humor mais belo que já vi, a sisudez envolta numa carapaça de proteção, os beijos que distribuiu, a carência que não ousava demonstrar, a mulher que se afirma, a beleza intrigante, o sarcasmo bem colocado e a inteligência indisfarçável, revelaram um ser humano grandioso.

Diana foi um caso a parte no BBB. Não poderá ser esquecida por seu pioneirismo e por seu desprendimento. Se não recebeu prêmios, aqui fora certamente já está colhendo o maior de todos: o reconhecimento pela grande mulher que demonstrou ser, mesmo que contestada, mesmo que envolta nos desafios que lhe movem. Diana é uma mulher que tem a marca de seu tempo e constrói seu futuro com muita competência.

sábado, 2 de abril de 2011

O OCASO


Pouco ou quase nada sobra do BBB11 senão a tentativa dos perdedores de conseguirem um espaço, envolvendo-se em festas, buscando espaço na mídia para não serem esquecidos tão rapidamente, como bem citou a Bel em um comentário no blog. Realmente a dificuldade de faturar uns trocados está grande, pelo que parece.

A questão agora é saber quem tem garrafas vazias para vender e dos que hoje estão por aí buscando faturamento, resta saber quem efetivamente terá alguma condição para isso. Primeiro teriam que se estruturar, cercando-se de pessoas com competência para buscar espaços rentáveis, mídia, trabalhos consistentes, mas parece haver um desespero enorme e isso só faz com que o buraco fique mais fundo.

Dos poucos que vejo alguma condição para terem alguma chance, Diana que tem um trabalho ligado a produção é a que vejo com maiores chances de alcançar um espaço. Nos demais será sempre uma disputa quase a tapa para conquistar aquilo que no passado parecia fácil e hoje não é mais: aparições que rendam, convites para fazer presença em troca de pagamento.

Maria e Wesley já pensam na viagem que ela ganhou para Los Angeles e que farão juntos. Na próxima semana ela terá um encontro com representantes da revista Playboy, mas está muito mais preocupada com a possibilidade de conseguir uma chance de atuar em alguma novela ou obra equivalente na Globo.

Daniel sumiu do mapa. Não se ouve mais falar do pernambucano e o restante aparece nessa ou naquela festa para arranjar um espaço para aparecer em pequenas notícias.

Melancólico o pós-BBB para esse pessoal. Não sei até onde conseguirão permanecer, mas espero que consigam algo que justifique os sonhos. Afinal, ser um ex-BBB para alguns é comos e fosse uma profissão, mas tem que ter competência, senão dança.

Por isso que dou o maior valor a Fani Pacheco, Priscila Pires e outros poucos, porque parecem ter saído ontém do programa e qualquer coisa que fazem estão aparecendo.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

MARIA ATRIZ


Quem viu o video show hoje acompanhou o passeio que Maria deu pelo Projac, indo pelas cidades cenográficas e nos estúdios das novelas, onde vários atores a receberam com enorme carinho. Maria foi ver de perto como é que se materializa seu grande sonho que é o de trabalhar como atriz, mais precisamente na própria Rede Globo.

Eu quero crer que vão fazer algum teste com a Maria para saber se haverá alguma chance dela atuar em alguma obra da TV. E olha que não seria nada demais porque a gente assiste a tanta gente sem grandes atributos atuando que Maria poderia até ser um toque diferente nesse emaranhado do mundo artístico.

É lógico que aqueles que não apoiaram a ganhadora do BBB vão sair do saco onde se enfiaram para pular e estrilar. Vão dizer um monte de asneiras, vão continuar os ataques imbecis que fizeram, recheando com mais argumentos que vão continuar procurando em todos os lugares. Mas que Maria merecia uma chance para tentar, lá isso merecia.

Não vejo mistérios nisso porque Maria já é atriz, já atuou em peças, podendo ser aproveitada sem maiores problemas e principalmente se contar com um diretor que possa ser paciente e orientador.

Grazi quando deixou o BBB passou por um intenso trabalho de aprendizado e hoje já é vista com outros olhos, está se consolidando no meio. Sua característica é bem próxima do comportamento de Maria, cuja humildade é cativante e chama a atenção. Sob esse aspecto as duas tem uma certa semelhança e nada como a humildade para alcançar qualquer objetivo na vida.

Maria ainda não acordou direito do seu sonho, ainda está descobrindo o mundo novo em que se enfiou. Tudo é diferente. Não terá mais a condição de sair na obscuridade. Agora ela Maria, a ganhadora do BBB. Todos querem vê-la, todos querem se aproximar, todos querem uma foto, uma abraço, um aperto de mão. Maria agora é uma estrela.

Passado o calor do jogo, das disputas, o que posso fazer é desejar toda sorte do mundo aos participantes. Mesmo aqueles que não souberam aproveitar a oportunidade, seguindo por caminhos tortuosos. Na verdade eles estão agora na condição de aproveitar os instantes que a fama proporciona, mesmo que seja passageira, montados no título que ostentarão eternamente de “ex-BBBs”. Que aproveitem e sejam felizes.

quinta-feira, 31 de março de 2011

PENSANDO EM BBB


O legal do BBB é que ao longo do tempo vai revelando o caráter de certos participantes, cujo julgamento inicial era errôneo por força de aparências, de uma certa forçada de barra para parecer legal, etc. Ao chegar a final do programa Maria foi surpreendida por comportamentos estranhos de algumas pessoas, com as quais conviveu e dedicou sua amizade e carinho, mas que não mereciam isso.

Na vida é muito comum que isso aconteça. Quantas vezes já não nos surpreendemos com algumas pessoas que nos enganaram? No BBB não seria diferente e se para os participantes isso se revela como surpresa, para nós aqui fora apenas corrobora aquilo que viamos e pensavamos.

O surpreendente é que o contrário também ocorre. Muitos daqueles que imaginávamos com deficiências de conduta e caráter, acabam por se revelar pessoas justas, honestas e retilíneas.

Para tudo isso que estou falando não vou citar nomes, não vou especificar. Nem é necessário para quem acompanhou o BBB com atenção porque as evidencias são enormes e se alguém deixou de constatar é porque não assistiu, não viu ou tem algum interesse em pensar diferente.

Alguém que se considera muito instruído, muito culto, tremendamente acima da média, disse que o BBB é apropriado para quem não tem cerebelo, portanto uma pessoa sem equilíbrio, sem capacidade de coordenação.

Eu devo estar incluido dentre estes que são “desequilibrados” porque assisto, mantenho um blog e discuto o assunto há tantos anos que devo estar em estágio avançado de minha deficiência. E olha que conheço muitos iguais a mim.

Na verdade, o motivo que me leva a gostar do BBB está contido na abertura do Teleblog, mas vai um pouco além porque sou movido a emoção e me faz bem ver que um programa de TV é capaz de ser o veículo que pode auxiliar tantos a melhorar o conhecimento de si mesmos e assim poderem aperfeiçoar a forma de conviver.

Não sei que tipo de problemas tem aqueles que tem o cerebelo e são desvirtuados, fazem o mal, se apegam nisso para circunstanciar o exercício diuturno de práticas não condizentes com aquilo que se espera de um ser humano com boa índole. Mas imagino...

Seja lá como for, se me falta o cerebelo sou feliz assim. Se estou em desacordo com o equilíbrio mundial só porque assisto BBB e discuto ele, devo ser menos aquinhoado do que tantos que por aí estão achando serem tão superiores que me assusta ver o destino que lhes cabe.

O BBB é apenas um programa de TV, mas a profundidade das discussões que ele enseja tem uma amplitude tão maior que achar-se acima dos demais. Nós somos pessoas humanas e ninguém é melhor. Até mesmo o mais simples dos homens pode ter em seu coração as virtudes do bem entranhadas em sua vida, em seu comportamento e provar com um simples gesto que é superior em tudo. Se quiser que eu cite nomes, resumo em apenas um o quanto somos todos meros espectadores do BBB da vida: Jesus.

quarta-feira, 30 de março de 2011

DUAS IMAGENS PARA DISCUTIR




Esta foto para mim tem o maior significado de tudo que vi e ouvi no BBB11. Maria e sua mãe logo depois de sua saída. A pessoa que tem esse tipo de proximidade com a mãe é merecedora de todo crédito e Maria agarrou sua mãe e beijou afirmando que amava muito. Que mais dizer?!...



Aqui o twitter do Boninho, o Diretor do BBB11 e nas sugestões para seguir twitter"s assemelhados veja o que consta.

A FINAL



Imagem de Elson
Clique AQUI para ver o trabalho de Elson

MARIA VENCEU TUDO E TODOS


Maria foi a grande campeã do BBB, contrariando o grupo dissidente que seu ex-afair Maurício liderava e que acabou botando na rua pela vontade do povo. Maria ganhou vencendo preconceitos, ganhou porque se expôs, se entregou de corpo inteiro ao seu eu. Ela venceu tudo e todos com galhardia.

Maria saiu emocionada, saiu vencedora, saiu limpando a cara com quem lhe atacou. Maria foi um símbolo de um BBB que teve inúmeros pecados, mas que deixou para a final três pessoas que sensibilizaram o público, juntamente com Diana, que poderia estar na final.

O BBB se encerrou e deixou o vazio natural de todos os anos. Resta agora desejar sucesso a todos, que alcancem seus objetivos e que consigam faturar o máximo possível.

segunda-feira, 28 de março de 2011

A PROCISSÃO DE MARIA



Imagem espcialmente cedida por Elson

E terça-feira se encerra o BBB. Desta feita com uma final que o público realmente queria. Dela emerge a figura ímpar de Maria com destaque absoluto. Maria que se transformou num marco e que mostrou que a sociedade já não se atrela tanto a valores arcaicos e aceita atitudes mais radicais, desde que venham como uma carga de verdade, de emoção, de sentimento aflorado.

Maria conseguiu aquilo que não era esperado por ninguém, principalmente por ela, que se assustou verdadeiramente quando constatou que voltou do último paredão e estava garantida na final. Maria não encontrava explicações dentro de si para entender como o público fora capaz de alcançar e aceitar seu comportamento. Ela só não sabia que era vista também como alguém que precisava de proteção, alguém que todo mundo queria levar para casa e acarinhar diante das agressões que sofreu covardemente na TV.

Maria assim criou uma aura em torno de si que nada foi capaz de destruir. Ela se submete ao último julgamento do BBB sem saber que parte na ponta para ganhar e que sua vida já mudou completamente, mesmo que ela não sinta e nem saiba.

A Maria descrita como inimiga íntima de toda mulher pela escritora e citada por Pedro Bial, a bem da verdade pensa que sua maior inimiga é ela mesma, mas não é. Seu jeito expressivo de dizer o que pensa e agir de acordo com essa diretriz, foi o que fez com que todos percebessem que em seu comportamento não havia nada montado, nada era falso.

Eu quero assistir o susto de Maria se conseguir ganhar o BBB. Sua reação não será simples. Maria se puder vai cair na piscina nua, como já disse que faria e o Brasil ainda assim aplaudirá, afinal Maria pode.

É um tanto inexplicável a permissão que o público dá a Maria para desafiar conceitos que estão arraigados na sociedade que são considerados verdadeiros tabus. Se partir de Maria terá uma aceitação diferenciada.

É incrível que Maria, tão atacada, tão vilipendiada, tenha se transformado num símbolo contra valores que até então eram tratados de forma rígida. Aqui mesmo comentários foram feitos de que isso não seria aceito se fosse na família de algum comentarista. E eu pergunto: Quem está livre de viver os problemas que a sociedade moderna impõe com sua sede de avanços em todos os setores?

O mais engraçado é que esse lado carnal da questão cede terreno para uma mulher doce, brejeira, ingênua para certas coisas, desinformada para outras, que se atrapalha com as palavras, cujo significado para ela é muitas vezes um segredo. E ela não se intimida: “O que significa isso?”.

Até seus romances são bem claros. Se por um lado ela se arrastava aos pés de Maurício, sofrendo todas as humilhações possíveis, chegando a se expor de forma brutal, com Wesley ela conhece o lado amável, dedicado, educado e amoroso que um homem é capaz de lhe conceder. Um turbilhão intenso, uma explosão que Maria, carente de atenção sempre buscou, de uma forma ou de outra.

Quem poderá condenar Maria? Vejo senhoras, mulheres de todas as idades, jovens e crianças falando seu nome com entusiasmo e apontando-a como a “queridinha do Brasil”. Os homens, ah...os homens idolatram Maria. Maria é o tesão de todos eles, que podem finalmente vê-la no sofá da sala de casa, acompanhados da família, sem serem repreendidos.

Segue Maria, siga célere em busca de seu futuro, sua vida, seu despertar. Segue o caminho que traçou sozinha, com todos os erros dessa trajetória, percorrendo por atalhos ingratos, que causaram feridas, tratadas por um médico. E segue Maria em busca de seu ideal, de sua felicidade, que custa pouco, tem o valor de um sorriso, de uma gargalhada gostosa, de um brindar de emoções reprimidas. Segue Maria porque você liderou uma procissão, onde todos nós estavamos presentes, indo atrás para constatar Maria, que você conseguiu e nós também!

MARIA, A LIBERTÁRIA


Você não ia querer um poste sem luz ganhando o BBB não é mesmo?; Também não acredito que por tantas razões já expostas Daniel seja o mais indicado para ganhar o prêmio. Restou então Maria, já decantada em prosa e verso, tão claramente apontada como uma das pessoas mais despojadas que se viu num reality show.

Maria tem grande chance de chegar a esse 1,5 milhão do BBB porque foi ela mesma, porque não deixou de se mostrar. Ela cumpriu rigorosamente o script que o público exige de quem vai parar no programa. E Maria com tanta simplicidade e objetividade ficou surpresa que essa sua maneira de ser tenha sido entendida pelo público, a ponto de deixá-la na final.

Imagino se Maria ganhar que a surpresa será tão grande que ela não saberá administrar tamanha repercussão de uma trajetória que construiu sem nenhum plano, sem nenhum pudor, sem nenhuma influência. Ela foi simplesmente Maria.

Este BBB chega a final sem que o público tenha sido compelido a votar em alguém por ser menos favorecido. Wesley é um médico com sua vida encaminhada, Daniel é comerciante, dono de uma casa de festas em Recife e mantém com o dinheiro de uma ONG da Alemanha o abrigo de velhinhas que foi tão badalado e Maria não é alguém desprovida de recursos, mas talvez tenha menos possibilidades do que os outros dois porque luta para ser atriz.

O estigma dos “pobrezinhos” foi afastado, dando a esta final um destaque que outras passadas não tiveram. O que está em jogo agora é a hipocrisia. A sociedade aceita como ganhadora de um BBB uma mulher que tira a calcinha na TV, numa dança sensual e se oferece a alguém que lhe interessa?

Será que o outro lado de Maria não vai pesar mais? Refiro-me a sua jovialidade, ingenuidade natural, franqueza, seu jeito de ser clara e objetiva na busca daquilo que quer, na sua obstinação em busca do amor, do querer bem.

Maria tem tudo para ganhar. Está na ponta das pesquisas, pode fazer do limão a limonada mais doce e mais saborosa que o público queria. Maria é a antítese que caminha para se consagrar. É o azarão de um páreo que já tinha ganhador e atropelou para chegar na frente. Uma zebra saltitante e cheia de graça, para dor de muita gente que não dava nada por ela.

Maia vai sair e se ganhar será festejada por seus ex-companheiros. Uns por alegria mesmo de vê-la campeã e outros por pura inveja e pose. Não vão querer dar o braço a torcer de que fariam, como fizeram, tudo para que isso não acontecesse.

Maria se ganhar não deverá nada a nenhuma máfia, império ou assemelhados que se espalham hoje em torno do BBB. Ganhará com o voto isolado do público. Vai ganhar com esmagadora votação de mulheres que viram-na como a libertária que um dia imaginaram poder ser.

Maria vai virar símbolo e como tal será alvo de muitos convites. Vou querer ver isso de camarote.

ESCLARECIMENTOS


Quando um viciado em drogas vai comprar o produto está apoiando ou não os traficantes? É dos viciados que os traficantes se sustentam, mantém a pior máfia de que se tem conhecimento porque destrói as pessoas, corrói a sociedade com as mazelas que proporciona. Portanto quem mendiga por drogas está diretamente ligado a essa destruição a esse cancro que se instalou no mundo moderno.

Fiz uma analogia aqui com essa questão porque Daniel começou seu declínio no querer bem do público quando passou a falar em drogas nas festas, como se estivesse necessitado delas. Quem faz apologia do uso está beneficiando os traficantes e não é essa a sociedade que queremos para o nosso país.

Daniel pode ter até bons princípios, mas estragou tudo quando falou nas drogas e quando , no jogo, nos dois últimos dias insurgiu-se contra a participante Maria. Creio que tenha se afastado da premiação maior do BBB.

Com isso deu abertura para que Maria se sobressaísse e pudesse atingir a final com grandes chances de ganhar.

Este post tem o sentido do esclarecimento do que venho falando porque vai servir para ilustrar procedimento judicial que será instaurado contra um comentarista que veio ao Teleblog algumas vezes fazer acusações infundadas a mim, buscando atingir minha família.

Os leitores deste blog sabem perfeitamente que ao longo de tantos anos sempre tive posições claras e que nada tenho a esconder sobre o que penso e pouco interessa a quem vem a um blog a respeito da vida pessoal do blogueiro, mas ainda assim, a minha é bastante clara para quem queira dela saber.

Nunca me escondi por trás de um nick. A covardia não é um atributo que possa me ser imputado.

Paralelamente, este mesmo comentarista deverá ter ainda mais dor de cabeça porque não sou o único e há quem pense em agir da mesma forma.

Inicialmente denominando-se Tegot, essa pessoa usou de outros nicks como João do Caminhão e comentou também como Anônimo. Só que ultrapassou seu limite ao partir para a agressão infundada e as ofensas.

Em determinado momento veio ao Teleblog para dizer que Não iria mais me “zoar”, justificando que tinha recebido um pedido de uma pessoa que tem muita moral com ele, a qual desconheço. Mas justificando a máxima de que o “criminoso sempre volta ao local do crime” ele voltou. Suas palavras são a arma utilizada e por elas agora terá que se justificar e pagar. Demore o tempo que demorar, Tegot vai ter que se entender com as autoridades. E nem todas as amizades que possa ter serão capazes de permitir que isso seja esquecido. Lei existe para ser cumprida.

Sinto muito estar abordando algo tão desagradável aqui no blog mas agora se impõe o esclarecimento de que venho sendo alvo de ataques incabíveis que precisam ser respondidos na instância competente. E serão!

MARIA, A ROSA DO POVO



Imagem de Elson

De onde surgiu essa criatura meu Deus. Uma mulher tão incrível, cujo passado é tão discutível, cujo corpo já exibiu por inteiro em quase toda a net, através de vídeos da famigerada Dream Cam?; Quem é essa mulher que emergiu do nada para invadir nossas casas e se tornar tão íntima que despertou desejos num vovô cuja atividade sexual já nem Viagra restabelece? E pior: ninguém reclama e ainda por cima apoiam-na.

Quem é essa heroína do século 21, revolucionária, capaz de tirar a calcinha e fazer dança erótica na TV e mesmo assim ser a rainha das donas-de-casa? Ela é um símbolo libertário da sexualidade reprimida da sociedade hipócrita que sempre tratou do assunto como tabu. Depois de Maria muitas mães haverão de entender melhor suas próprias filhas e o jogo de “esconde-esconde” que fazem.

Os jovens hoje são o que são e não adianta querer reprimir porque é pior. O melhor remédio para consertar os erros de uma sociedade sempre foi o diálogo, mas muitos não entendem. E num BBB, Maria veio mostrar que seus gestos, suas atitudes, sendo ou não sendo a puta que muitos apontaram, são o retrato do hoje que vivemos mas que faltava coragem alguém mostrar tão claramente.

Maria acaba sendo o divisor de águas de comportamento de uma juventude que se afirma, fazendo o que quer, escrachando sentimentos sem se importar com o que vão pensar. Hoje é assim e quem poderá negar?

O mais engraçado é ver como tudo isso foi captado, entendido, de certa forma aceito a ponto de Maria ter nessas mulheres mais maduras, mais vividas, seu ponto de apoio, suas verdadeiras torcedoras, até porque ela se comporta como muitas queriam e não puderam. Salve Maria!

A Maria do BBB11 juntou tudo que outras que passaram pelo programa queriam fazer e foram contidas e elevou ao cubo, sem medo de ser feliz. Atirou na cara do mundo que mais importa o que lhe faz bem do que qualquer dinheiro.

Alguém poderá negar que Maria ainda, com seu sorriso meigo, sua candura, sua brejeirice, não é uma mulher linda ou uma linda mulher, como queiram?

Não poderá haver quem se atreva a negar que Maria, Meg Mellilo ou seja lá o nome que tiver essa criatura, tenha sido a maior escrava que já passou pelo programa. Sim, porque ela foi escrava de suas convicções, mais do que qualquer mulher que por lá passou. Reduziu a nada o apelo criado por alguns que foram lá atuar para ganhar a bolada. Daniel foi o pior de todos. Em dois dias ela o reduziu a nada.

Essa Maria ganha contornos de musa, tendo conseguido reunir todos os predicados para se consagrar. Não como a ganhadora do BBB porque isso ainda é pouco para ela. Maria vai muito além, está muitos furos acima. Atriz, ela não atuou. Ela viveu sua vida, intensamente, como se aqui fora estivesse e nos deixou claro que assim seria em qualquer lugar que estivesse.

Quantos não vão querer conhecer de perto a Maria que invadiu os lares e sentou no colo dos chefes de família lhes fazendo carinhos com suas esposas assistindo e até apoiando? Foi assim ou não foi? Ela pela TV espargia sua sensualidade e deve ter provocado noites prazerosas a muita gente que já estava esquecendo o que era isso. Maria provocava e nos lares, alegria total. Não, não ria porque isso é natural, é humano, faz bem.

Agora, Maria é um grande nome. Você vai constatar. Ao sair, muito mais do que um prêmio de BBB vai poder entrar em sua conta. Choverão os convites e não faltarão Mauricios, Wesleys se candidatando e implorando por seu amor. Só espero que ela saiba que ela livre é muito mais Maria.

Maria conseguiu reunir em sí aquilo que o poeta tanto buscou para um dia para descrever o verdadeiro significado de uma rosa. Foram dias e noites e ele não conseguia. Até que um dia conseguiu e acho que a analogia tem grande significado:

-Maria é uma rosa, é uma rosa, é uma rosa, é uma rosa...

domingo, 27 de março de 2011

MARIA, SEMPRE MARIA E AS DROGAS DO DANIEL


É interessante como as pessoas falam de Maria nas ruas. Acusada de ser garota de programa, Maria criou no BBB uma aura em torno de sí que fez com que o público abandonasse preconceitos, passando a olhar para o ser humano, descobrindo que essa participante tinha algo a mais, algo que ia além até da compreensão para que pudessem gostar tanto de alguém cuja vida aqui fora deixou de ser levado em conta para ser analisada. Valeu para Maria o que ela foi no jogo, como deveria ser a análise para todos.

Maria conseguiu algo difícil que foi fazer o público entender que não importa quem ela seja. Importa mesmo é que ela mostrou que as vezes jogar no BBB pode não ser algo tão importante. Vale mais se expor, mostrar o âmago, se desnudar, sem nenhum pudor, porque a alma se revela, os instintos apontam na direção que melhor lhe aprouver e quando a conta for apresentada, pague quem quiser.

Maria se conteve, se excedeu, foi muitas vezes impiedosa consigo mesma. Seguiu literalmente seus instintos de fêmea desafiada. Deu com a cara no muro, mas se reinventou para tentar ser pudica. Leu o livro que a orientou, mas não entendeu muito bem, como sempre.

Maria está sempre na frente, tem luz própria, não depende de nada e de ninguém. Ela se basta para conquistar, para encantar, para fazer raiva, para titubear, para mariar. Ah Maria, você encantou, deixou o Brasil de joelhos por você. Como ignorar você?

Maria, diante do resultado de hoje é a esperança de que o Brasil possa consagrar alguém que tem dentro de si a ingenuidade pervertida pela compulsão sexual. Se Maria exala sexo, não deixa de ser atrativa por ser ingênua, desligada. Se Magda do Sai de Baixo tivesse uma irmã, seu nome seria Maria. E quem foi que Magda não era um encanto de mulher?

Maria não nasceu para ser coadjuvante. Seu destino é brilhar e muito. Todos querem se apossar dela, todos sonham em ser amigos de Maria, todos querem-na no topo, todos ignoram qualquer acusação que lhe seja feita. Todos amam Maria.

O certo é que independente do resultado do BBB11, Maria colocou-o no bolso. Se não ganhar, ninguém terá maior destaque que ela. Ninguém será mais lembrado que ela. Portanto, é uma questão de lógica aguardar que Maria seja vencedora. Se outro for o campeão, terá o dinheiro mas será sempre o coadjuvante de Maria Mellilo, a grande atração do BBB11.

Maria foi a vítima que o público sempre busca em BBB. Mas paralelamente, dela emergiu a mulher doce, bonita, engraçada e feliz que todos gostariam de ter sua companhia. Uns para amar efetivamente, o amor carnal, porém outros para gozar de sua presença.

Ela é o que podemos chamar de tesão ambulante. Exala sexo, mas também tem o frescor e o cheiro da brisa das manhãs. Maria é a antítese das mulheres de outrora, mas é aceita por velhos, jovens e crianças. Certamente Maria vai estar em capas de revistas, sendo requisitada para participações em festas, programas de TV, jornais, etc.

Maria conseguiu até mesmo levantar defuntos, tipo Maumau, Wesley e vários outros. Eles devem tudo a ela. Se tiveram alguns momentos de mídia, de fama, terão que se curvar eternamente a ela para agradecer.
Não vejo Maria capaz de manter um romance com ninguém. Maria tem que ser livre para continuar sendo ela mesma. A expectativa de qualquer homem de permanecer com Maria é o caminho mais curto para o limbo.

Quanto a Daniel, que mereceu dela atenção, carinho e companheirismo ao longo do BBB, sua fase final no BBB revela simplesmente o lado desconhecido e obscuro de alguém que não foi honesto com uma parceira que lhe foi fiel sempre. Daniel deve estar sofrendo com sua abstinência pelas drogas e se volta inexplicavelmente contra quem só lhe enalteceu o tempo todo.

O Daniel benevolente, crente em Deus, deu lugar ao homem invejoso, dado a intrigas, que não respeita nem os amigos e que vive mendigando por drogas nas festas. Esse sujeito não merece ganhar um BBB.

Já disse daqui que colocar 1,5 milhão nas mãos de Daniel é apoiar o tráfico de drogas, literalmente. E pior ainda: estará apoiando alguém que não merece e que não respeita nem seus amigos.

sábado, 26 de março de 2011

SALVE-SE QUEM PUDER


Os nervos estão a flor da pele, qualquer deslize de um companheiro é motivo de grave irritação, não há equilíbrio suficiente para determinar ações, as emoções são incontidas, a ansiedade é uma aura que envolve o corpo todo e a proximidade do fim cria agonia. Disfarçar? Até onde for possível, mas sem tanto cuidado que as pessoas possam perceber. Nem é tanto pelo dinheiro e mais pela possibilidade do reencontro com a vida, com as pessoas, com o mundo aqui fora. Estará muito diferente?; Será que serei aceito (a)?

Estar na pele de um brother hoje deve ser algo parecido com isso. Nunca me atreveria, mesmo porque sei que não duraria mais que dois dias lá dentro sem criar um caso para ser expulso. No entanto, assisto porque acho que o ser humano tem limites que não conhece. Sob pressão tudo se altera e ontém ficou provado com a participação de Diana, que tem medo de altura e conseguiu superar a sí mesma.

Imagino que esses finalistas vão precisar de um tempo para poderem atingir um grau de recuperação melhor, mesmo porque este BBB não deu muita trégua aos participantes. A rotina de dois paredões por semana, a ameaça constante, a possibilidade de ver o sonho se desfazer dominaram a mente de jovens, pessoas que buscam um caminho.

Hoje fica definido o último paredão antes da final. Não há previsão de nada, ninguém pode apontar quem vai estar nele. Mas de objetivo o que resta a dizer é que todos merecem ganhar o prêmio e seria até mais justo que fosse logo dividido, o que sei não ser possível.

Ficou de tudo um alívio por não estarem presentes figuras que tinham tudo para estragar essa festa, demonstrando que o público que assiste BBB aprendeu um pouco com as lições repassadas na net. Quem veio durante esses anos em busca de orientação sobre BBB e viu o que era falado nos blogs entendeu que novela é outra coisa e que BBB é um jogo.

Esse amadurecimento do público foi o mais importante dado para que grupinhos como o de Maurício tenham sido defenestrados. Quem for para lá agora saberá que pode fazer amigos, mas não deve se deixar levar pelo discurso de qualquer otário que pense dominar mentes. Tem que agir e andar com as próprias pernas.

Quem vai sair é uma incógnita, mas sairá consagrado por ter feito aquilo que tinha que ser feito. Sairá provavelmente para obter aqui fora as chances e as oportunidades que não conseguiu alcançar lá dentro, mas terá esse reconhecimento e esse respeito.

As chances são iguais, a vontade também. Isso motiva o público, movimenta e não há dúvidas que esses quatro seres humanos se revelaram de tal forma que o público se identifica com eles, com seus gestos, atitudes, maneira de ser. Não vejo como haver vencedores e vencidos dentre os quatro, mesmo que qualquer desavença os atinja.

A final poderia ser com os quatro e o público iria decidir. Não foi o BBB dos ricos e pobres, não está em jogo quem precisa mais. Ninguém alí está esmolando. Com a vida estabilizada, Daniel faz alguma pressão neste sentido, mas não é cabível porque seu padrão de vida não é ruim. Portanto, estão todos em condições parecidas.

O certo não seria dizer “que ganhe o melhor” e sim “salve-se quem puder”.

sexta-feira, 25 de março de 2011

QUAL É DIREÇÃO?


Com o que aconteceu hoje na prova da cola, sinceramente eu acho que o melhor seria mandar todo mundo embora para casa e dar logo o dinheiro do prêmio para o Daniel. Em outras provas nunca há a menor apelação em caso de erro de um participante, mesmo porque tudo é explicado antes detalhadamente e como Daniel puxou a corda antes do tempo tinha que ser imediatamente desclassificado.

Como este BBB é o diferencial em todos os aspectos, valeu colocar outra corda para o pernambucano puxar e acabar ganhando. Seu humor que estava em baixa retornou na hora, imediatamente abraçou Maria, de quem estava afastado o dia inteiro e revelou que não queria ouvir nem a voz. Que personalidade é essa que Daniel resolveu revelar sómente agora no final do programa?

Me assusta que regras tão rígidas possam ser quebradas, quando em outras dez edições chegaram até a ser revistas para punir alguém. Agora o participante erra, não é penalizado, tem outra chance e pode alcançar seu objetivo de ganhar a prova.

O público em minha opinião sempre foi soberano. Ele é o que determina o futuro de um participante e isso ficou bem claro na edição passada quando Marcelo Dourado simplesmente ignorava a importância das provas, abandonando-as sem se esforçar e confiando única e exclusivamente em quem assiste e vota.

Aquele que vai ao BBB e não se julga muito capaz de se empenhar em provas, como se isso fosse a salvação da lavoura, pode perfeitamente ter seu passe livre para chegar a final se focar na empatia com o público. Conseguindo isso, pode perder provas, abandoná-las fazer corpo mole ou lá o que seja. Vale o que o público quer nas votações.

Daniel hoje foi favorecido, infelizmente, tanto pelo Bial como pelos produtores da prova, sem que a direção tenha se manifestado. Situação lamentável e que deixou uma marca péssima.

A procissão chegou a parar de vergonha, mas segue em frente.

GRUPO DE MAUMAU QUER WESLEY VENCEDOR


Todo o grupo de Maurício, inclusive ele, aqui fora, ainda achando que são muito queridos do público, apontam agora para Wesley como o preferido para ganhar o BBB11. Indistintamente todos eles ao serem entrevistados disseram que consideram o médico o melhor para levar 1,5 milhão para casa.

Evidencia-se assim o rancor que todos tem de Diana, Maria e Daniel. No entanto a ira do grupo de Maumau é muito mais direcionada para Diana, conforme declarou ontém o Rodrigão no Multishow, ao ser entrevistado pelo Alemão. Na verdade, parece que eles ainda influem no jogo e agem como se estivessem lá dentro.

Ontém Bial foi claro em dizer que os quatro eram os vencedores e que deviam partir para a fase final unidos. Mesmo sabendo que só um levará o prêmio maior, todos são campeões.

Maria ganhou a primeira prova de três para a conquista da liderança, disputando com Daniel os últimos momentos, depois de seis horas do início. Foi uma prova longa, extenuante e cujas repercussões são comentadas a todo momento.

A visão que tenho é que agora se instaurou um novo jogo dentro do BBB, livre do grupo tendencioso e que fez e aconteceu no programa. Trata-se de uma nova fase, onde as pessoas que ficaram tem méritos para chegar e a questão agora é escolher quem ficará de fora da premiação.

Por tudo que viveu e por sua dedicação, creio que Diana mereça estar entre os três finalistas. Ela tem os requisitos para isso e depende única e exclusivamente do público para obter essa chance. Lógico que ela seria beneficiada se ganhasse a liderança, mas ainda assim, vejo Diana como alguém mais integrada e mais focada no jogo.

Posso estar até demonstrando uma certa forma de torcer, o que não é nada anormal para quem acompanha BBB, mas ainda que seja alijada, vejo a final deste BBB11 como justa, fique quem ficar.

Procissão já próxima de seu final.